Cansados de recolher a bagunça das três filhas e lavar a louça suja que as meninas deixavam acumular, Jessica Stilwell e o marido resolveram entrar em greve

BBC

Jessica parou de arrumar a bagunça das filhas
BBC
Jessica parou de arrumar a bagunça das filhas

Uma mãe canadense criou um blog que está fazendo sucesso entre pais de todo o mundo ao relatar uma experiência inusitada. Cansados de recolher a bagunça das três filhas pela casa e lavar a louça suja que as meninas deixavam acumular na cozinha, Jessica Stilwell e o marido simplesmente resolveram entrar em uma greve doméstica.

"Tudo começou quando tive um fim de semana muito ocupado e meu marido estava fora. Então olhei em volta e me dei conta que minhas filhas não estavam fazendo sua parte e assumindo suas responsabilidades (com as tarefas domésticas)", contou Stilwell, em entrevista à BBC. 

"Quando meu marido chegou em casa, eu lhe disse: vamos entrar em greve."

Leia também:
Leo Fraiman: "não são os adolescentes que não têm limites, são os pais"
Os desafios da adolescência

A canadense, que vive na cidade de Calgary, conta que, no primeiro dia em que ela e o marido pararam de arrumar a casa e a bagunça das filhas, as três irmãs se deram conta de que algo estranho estava acontecendo, mas não sabiam muito bem o que era.

Depois de seis dias, quando havia roupas e louça suja por toda a casa, elas finalmente entenderam que os pais estavam em "greve" para pressionar por uma mudança na atitude das três.

Quarto das filhas de Jessica: caos em seis dias
Divulgação
Quarto das filhas de Jessica: caos em seis dias

Redes sociais

Em um primeiro momento, Stilwell relatou a experiência em sua página no Facebook. Logo, por sugestão de parentes, que elogiaram seu estilo bem-humorado, resolveu criar um blog.

Seus textos registram como tigelas, copos usados e roupas sujas começaram a se acumular em todos os cantos da casa enquanto, no fim do dia, Stilwell simplesmente sentava-se para relaxar e tomar um vinho, em vez de dedicar-se à limpeza e arrumação.

"Hoje uma de minhas filhas sentou-se para jantar, olhou para o cereal empapado em sua frente e exclamou 'Eca! O que é isso?', empurrando a tigela para mim", escreveu a canadense no segundo dia da "greve". "Eu respondi com toda calma: 'Parece que é o seu café da manhã, querida.'"

A mãe canadense conta que depois de alguns dias, as meninas começaram a reclamar e a culpar umas as outras pelo caos na casa. No sexto dia, finalmente, elas decidiram ajudar a arrumar a bagunça.

"Esse foi só um jeito criativo de lembrá-las, com humor, de que somos parte de uma equipe aqui e todo mundo precisa fazer a sua parte", disse Stilwell.

Veja ainda:
12 ideias para fazer seu filho adolescente ajudar em casa
Como ensinar seu filho a ser uma 'criança-cidadã'
Qual a cor do cérebro do seu filho?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.