Tomar café da manhã ou jantar em família pode não ser um fator tão crucial para as crianças quanto se pensava

Pesquisa não encontra relação entre refeições em família e sucesso acadêmico e bom comportamento das crianças
Getty Images
Pesquisa não encontra relação entre refeições em família e sucesso acadêmico e bom comportamento das crianças

NYT

Não há nenhuma evidência para apoiar a crença de que fazer refeições em família melhore o desempenho escolar das crianças ou reduza o risco de problemas de comportamento, diz um novo estudo americano.

Os pesquisadores analisaram mais de 21 mil crianças, entre cinco e 15 anos, e não encontraram nenhuma relação entre refeições feitas em família e desempenho acadêmico ou melhora de comportamento.

"Não encontramos relação entre cafés da manhã ou jantares em família e resultados na vida acadêmica e no comportamento da criança", afirmou Daniel Miller, coautor da pesquisa e professor-assistente na Boston University School of Social Work, em um comunicado de imprensa da universidade.

"Não observamos mudanças de acordo com a idade das crianças, nem mesmo levando em consideração o número de refeições compartilhadas com a família. Podiam ser três, cinco ou nove refeições por semana. A frequência não parece ser a questão", acrescentou.

Leia também:
Sete erros dos pais na hora de impor limites
Nove erros dos pais no desenvolvimento da fala das crianças
10 erros dos pais na alimentação dos filhos

Surpresos com o resultado

Miller e seus colegas ficaram surpresos com os resultados, que foram recentemente publicados online na revista "Child Development". "Não estamos sugerindo que as famílias não façam  refeições juntas. Essas ocasiões são importantes para pais e crianças interagirem. No entanto, pode ser que a natureza e a extensão da influência das refeições familiares seja diferente do que se pensava", disse Miller.

"As famílias que acreditam na importância de comer juntos podem também estar fazendo muitas outras coisas que consideram boas para seus filhos, como ir à biblioteca ou se envolver mais na escolha de uma boa escola. Quando esses pais observam melhora na vida dos filhos, podem estar atribuindo isso às refeições feitas em família, quando deveriam levar todos os outros fatores em consideração", explicou.

>>> Aproveite para ver 31 maneiras de se divertir com as crianças e conviver em família gastando pouco


- Faça brinquedos de sucata passo a passo
- Sanduíche divertido de palhaço passo a passo
- Dez brinquedos de papel por Estéfi Machado

Veja ainda:
Especial 100 Brincadeiras: escolha a ideal para fazer com seu filho
Guia do Bebê: dos zero aos 12 meses, os desafios de cada fase 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.