Um novo estudo descobriu que as mulheres que nasceram prematuras correm risco significativamente maior de ter complicações durante a própria gestação

NYT

Estudo sugere que mulheres que nasceram prematuras têm mais chance de complicações na própria gestação
Getty Images
Estudo sugere que mulheres que nasceram prematuras têm mais chance de complicações na própria gestação

Pesquisadores do Quebec compararam as gestações de 7.405 mulheres que haviam nascido antes da 37ª semana de gestação com 16.714 nascidas a termo.

O estudo foi publicado online na semana retrasada no periódico Canadian Medical Association Journal e analisou três complicações comuns da gestação: diabetes gestacional , hipertensão na gravidez e pré-eclâmpsia  - os sintomas da pré-eclâmpsia são pressão arterial alta, inchaço e perda de proteína pela urina.

A porcentagem de mulheres com pelos menos uma complicação na gestação aumentava ao mesmo tempo em que diminuía sua idade gestacional ao nascer. A probabilidade de ter uma ou mais complicações era 14% maior para as mulheres nascidas entre a 32ª e a 36ª semana de gestação e quase dobrava para as nascidas antes da 32ª semana em comparação com as participantes nascidas a termo. A diferença perdurou mesmo após terem sido levados em conta idade e estado de saúde da mãe e tamanho do feto para a idade gestacional, entre outros fatores.

Qual o conselho para a mulher que nasceu prematura e planeja ter um filho?

"É importante não ser alarmista", afirmou a Dra. Anne Monique Nuyt, autora sênior do estudo e professora adjunta de pediatria da Universidade de Montreal. "Vá em frente e inicie sua família. Toda assistência pré-natal já submete a paciente aos exames para essas doenças, mas esse estudo talvez leve a um acompanhamento mais rigoroso."

Leia também:
Verdades e mentiras sobre parto normal
Tudo que a grávida pode ou não fazer durante a gestação
Guia do Bebê: desafios e características dos zero aos doze meses

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.