De remédios e produtos químicos a plantas, entenda o que observar para proteger sua família de intoxicações e problemas graves

NYT

Remédios coloridos podem parecer doce para as crianças
Thinkstock/Getty Images
Remédios coloridos podem parecer doce para as crianças

Se tem crianças ou animais de estimação em casa, você provavelmente já olhou ao redor para ver os perigos potenciais que  precisa trancar ou mudar de lugar, como os produtos de limpeza embaixo da pia. Mas é fácil esquecer algo que uma criança pode achar atraente. 

Leia também
11 erros comuns sobre a segurança do bebê

Produtos químicos de uso ocasional guardados na garagem podem parecer um grande jarro de suco de fruta para uma criança. Comprimidos coloridos e redondos podem parecer doces. Nenhuma casa é 100% segura, mas é possível tomar providências para proteger a família contra as ameaças mais graves.

"Você deve antecipar o que as crianças podem fazer", disse Rose Ann Soloway, toxicologista clínica do National Capital Poison de Washington, nos Estados Unidos. "Elas são espertas, rápidas e gostam de imitar os adultos."

Ameaças em casa

“Como não é possível estar com uma criança 24 horas por dia, as coisas que podem realmente machucá-las devem ter tantas barreiras quanto possível. Mantenha tudo que seja perigoso trancado e fora de alcance. As crianças dependem de nós para ter um ambiente seguro", afirmou Soloway.

Leia também
Entidade lista 5 dicas para evitar intoxicação infantil em casa
Intoxicação alimentar: perigo dentro de casa
Conheça os desafios de cada fase de seu filho dos zero aos doze meses 

Então, quais são as maiores ameaças que poderiam estar escondidas em sua casa?

"Os medicamentos são provavelmente os mais perigosos", disse Jennifer Lowry, médica toxicologista em hospitais pediátricos e clínicas em Kansas City. "Os pais nem sempre os guardam de forma adequada. Avós se esquecem que eles poderiam ser um problema. Muitos colocam em porta-comprimidos fáceis de abrir. É preciso lembrar que adultos mais velhos normalmente tomam medicamentos que podem ser muito tóxicos para as crianças."

Soloway afirma que os medicamentos de maior preocupação são os usados para pressão arterial e coração, bem como analgésicos de venda controlada. Não são apenas as crianças que têm problemas com remédios. Centros de controle de veneno recebem muitas ligações de adultos que misturaram seus medicamentos. Além disso, comprimidos que as pessoas pensam ser seguros podem se tornar um problema se ingeridos em doses superiores às recomendadas.

"Tudo pode ser um veneno dependendo da dose," disse Lowry. As pessoas tendem a não se preocupar com vitaminas, por exemplo, deixando-as acessíveis. Mas ferro pode ser extremamente tóxico, observou ela. 

Produtos químicos

Soloway afirma que produtos de cuidados pessoais também são responsáveis por muitas ligações para os centros antivenenos. "Os que nos preocupam são os que contêm álcool", disse ela. "As crianças podem se envenenar com enxaguante bucal que tenha álcool. Elas veem os adultos colocando esse produto na boca, então por que não? Mas não entendem que precisam cuspir." 

Os pesticidas também são motivo de cuidados. Eles podem ser perigosos se forem engolidos, aspirados ou entrarem em contato com a pele. "É importante compreender que estes produtos se destinam a matar um organismo," Soloway observou.

Produtos chamados hidrocarbonetos, tais como gasolina, querosene, fluido de isqueiro e lâmpada a óleo, também são preocupantes. Embora eles geralmente passem pelo sistema digestivo sem causar muito dano, podem entrar nos pulmões, se a criança engolir o produto e depois vomitá-lo, causando uma doença grave chamada pneumonia aspirativa.

Danos imediatos podem vir de produtos que causem queimaduras químicas, incluindo desentupidores de ralos, limpadores de vaso sanitário e detergente para máquina lava-louças.

Senso comum

Impedir envenenamentos em casa realmente se resume ao senso comum, diz Lowry. Guarde produtos de limpeza e outros produtos químicos em suas embalagens originais e armazene-os em uma prateleira alta. O mesmo vale para medicamentos - ou, melhor ainda, mantenha-os em uma caixa trancada.

Se você tiver que usar um pesticida ou um produto de limpeza, use-os em locais bem ventilados e siga as instruções do rótulo. "Se a embalagem traz um aviso, preste atenção nele", aconselhou Soloway. Ela também recomenda usar apenas a quantidade estritamente necessária.

As pessoas que têm plantas em suas casas precisam saber exatamente quais são as espécies, já que algumas podem causar problemas, Lowry disse. E sem saber o tipo de planta, é difícil para os profissionais da saúde ajudarem se houver alguma emergência.

Ela também sugeriu que os pais ajoelhem e engatinhem pela casa para obter a mesma visão que seus filhos podem ter. "É nesse momento que você vai conseguir ver o comprimido que sua avó deixou cair embaixo do sofá", disse Lowry.

Leia também
Como carregar o bebê com segurança
De moedas a broches: como evitar que as crianças engulam objetos?

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.