Médica alergista especializada ensina como distinguir uma crise alérgica de um resfriado tradicional

NYT

Para diferenciar alergia de resfriado, pais devem prestar atenção aos detalhes
Thinkstock/Getty Images
Para diferenciar alergia de resfriado, pais devem prestar atenção aos detalhes
Nesta época de frio, pode ser difícil determinar se seu filho tem um resfriado ou uma alergia sazonal, mas uma especialista descreve como detectar a diferença.

"Nariz congestionado, entupido ou com coceira; espirros, tosse, fadiga e dores de cabeça podem ser sintomas tanto de alergia como de resfriado, mas ao prestar atenção aos  detalhes, os pais saberão dizer a diferença", disse Michelle Lierl, alergista pediátrica do Centro Médico do Hospital Infantil de Cincinnati, em um informativo do hospital.

CADASTRE-SE PARA RECEBER A NEWSLETTER DO DELAS

"Crianças que sofrem de alergias no outono ou na primavera têm muito mais coceira no nariz, muitas vezes têm crises de espirro e, geralmente, esfregam os narizes de baixo para cima", explicou ela. "Eles também se queixam de coceira e garganta arranhando ou coceira nos olhos. Quando estão resfriadas, elas não fazem nada disso."

Leia também:
Índice de doenças crônicas aumenta em crianças 
Crianças com asma podem praticar esportes? 

Nas alergias, o corrimento nasal é geralmente claro e com uma consistência aquosa, enquanto no resfriado o muco costuma ser amarelado, explicou a médica.

Se seu filho tem alergias de estação, a pediatra sugere algumas medidas para controlar os sintomas:

Troque os filtros de ar condicionado a cada mês.

Troque a roupa das crianças quando elas chegam em casa. Lave-a para livrá-los de todos os agentes alérgenos do ar livre.

Depois de brincar ao ar livre, as crianças devem lavar o rosto e as mãos. Os pais podem usar uma solução salina para lavar os olhos e nariz das crianças.

Certifique-se de que as crianças estão tomando os remédios antialérgicos prescritos pelo médico.

Leia ainda:
Trabalhar fora, perder a paciência, sair para jantar com o marido: o fim da culpa
Educação de A a Z: especial esclarece conceitos fundamentais na criação dos filhos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.