Piquenique ou atividades com bola: aproveite os dias de folga e leve seu filho para brincar em espaços abertos

Qual foi a última vez que você saiu para brincar com seu filho? Levar os pequenos para brincar ao ar livre é uma das melhores opções para que ele adquira mais afinidade com o mundo ao longo do seu desenvolvimento. Mas não vale chegar ao parquinho da praça e ditar as regras da brincadeira. Deixar a criança experimentar o que tiver vontade é fundamental. O papel dos pais, neste caso, deve ser o de ajudar o filho a superar possíveis desafios ou conflitos que podem aparecer. 

Veja também:
Especial 100 Brincadeiras: escolha a melhor para fazer com seu filho 

Brincar ao livre é uma oportunidade de desenvolvimento para as crianças
Thinkstock/Getty Images
Brincar ao livre é uma oportunidade de desenvolvimento para as crianças
A diretora pedagógica do Instituto Sidarta Claudia Siqueira dá 11 sugestões para quebrar a rotina das crianças e tirá-las de casa:

1. Faça um levantamento dos parques mais próximos e se organize para conhecê-los com as crianças. Lembre-se que praças também entram no levantamento. Nada impede que elas sejam até mais divertidas que os parques famosos

Leia: Vá brincar lá fora! 

2. Combine com outras famílias passeios em conjunto. Pode ser um amigo do prédio ou da escola. O que importa é fazer as crianças interagirem entre si e terem a oportunidade de socializar em ambientes distintos – e de aprender a lidar com pequenos desentendimentos de vez em quando

3. Organize atividades coletivas. Que tal um dia de brincadeiras pouco conhecidas pelas crianças de hoje, mas que você e os outros pais conheciam na infância, ou um piquenique com lanches caseiros?


Leia: Sete perguntas sobre brincadeiras infantis 

4. Vá equipado. Parques costumam ter extensas áreas verdes, mas nem sempre possibilidades para que a criança possa interagir com o ambiente, como um tanque de areia ou brinquedos em geral. Você pode, portanto, separar um “Kit Parque” com materiais diversos, de panelas velhas a tecidos de roupas antigas que servirão para a criança potencializar a criatividade.

5. Conte com a natureza. Galhos, folhas secas e outros elementos podem se tornar uma atividade dinâmica e inventada na hora. Que tal fazer “desenhos” no chão ou uma colagem em casa? 

Leia: Os dez mandamentos do brincar

6. Faça barquinhos de papel e coloque-os na água.

7. Aviãozinhos de papel também valem ! Uma ideia interessante é fazer um campeonato para ver qual voa mais alto.

8. Não esqueça a bola. Tenha sempre uma e use a criatividade para brincar com as crianças.

Faça com seu filho: cinco brinquedos de sucata passo a passo 

9. Ensine seu filho a andar de bicicleta e aproveite para passear junto com ele.

10. Deixe a criança explorar o ambiente e não a impeça de querer conhecer mais além. Mas não descuide e fique sempre de olho nela.

11. Sempre que puder, viaje. Seja para a praia ou para o interior, um local com ar puro e mais tranquilidade é uma boa oportunidade para a criança se sentir mais livre e independente.

Leia também:
Movimento busca recuperar antigas brincadeiras infantis
A importância do brincar
Qual a quantidade certa de brinquedos para o meu filho? 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.