Fotógrafos ensinam a fazer ensaio dos nove meses sem cair no lugar comum. Leia dicas e inspire-se com as ideias

Montar o berço e deixar a babá eletrônica a postos são alguns dos preparativos clássicos dos últimos meses de gestação. Mas hoje em dia a lista ganha mais um item: registrar o momento. Em uma das fases mais bonitas da vida da mulher, o barrigão pode e deve ganhar a atenção das câmeras, mas você sabe como fazer um álbum cheio de fotos criativas sem usar o batom na barriga como acessório principal? Com a ajuda de quatro fotógrafos, listamos as dicas essenciais sobre o tema.

Quando fazer?

O ideal, de acordo com o fotógrafo Danilo Siqueira, é fazer o ensaio entre o sétimo e o oitavo mês de gravidez. É quando a barriga da gestante já está bem evidente e ainda há disposição – o que muitas vezes falta no nono mês. Também é no último mês que o inchaço pode ficar maior e comprometer o resultado. Portanto, não espere demais.

O fotógrafo Vinícius Matos indica fotografar antes do sétimo mês para não correr riscos, mas tudo dependerá da modelo: “A própria gestante já sabe se está na melhor hora ou não”.

O registro também pode ser dividido em fases para registrar a evolução da barriga.

Leia também: gravidez semana a semana

Andrea e a família à espera de Antônio: ângulos pouco explorados valorizam a silhueta da gestante
Danilo Siqueira
Andrea e a família à espera de Antônio: ângulos pouco explorados valorizam a silhueta da gestante
Onde fazer?

De acordo com o fotógrafo Alex Drobnicki, vale tentar fugir dos estúdios de fotografia. “Faça em um parque, em um restaurante ou na própria casa. Os lugares podem deixar as fotos mais ricas do que se fossem feitas em um estúdio”, comenta.

Ir a um lugar que tenha a ver com a vida do casal pode dar um toque a mais. Alex já fotografou casais em lugares inusitados, como no Mercado Municipal de São Paulo e em uma fazenda de café no interior do Estado. Mas analise a locação com cuidado. “Algumas ideias podem parecer legais, mas nem sempre funcionam. Fotografar em locais com muita gente, por exemplo, pode deixar o casal travado”, comenta Vinicius Matos. 

Qual o horário ideal?

As melhores fotos em áreas externas são feitas bem no começo ou ao final do dia, em momentos em que a luz natural está mais amena. De acordo com Alex, o sol forte pode marcar embaixo dos olhos ou do queixo, além de obrigar os fotografados a ficar de olhos semicerrados. 

Locações externas também pedem paciência e cuidado com o movimento ao redor. “Às vezes o ambiente e o clima estão legais, mas tem uma criança tomando um sorvete atrás do casal – isso pode estragar tudo”. 

Leia também: o Guia do Bebê mostra desafios e características de cada fase, dos zero aos 12 meses

Dá para fugir da foto do sapatinho na barriga variando o contexto e incluindo elementos da personalidade dos pais
Vinicius Matos
Dá para fugir da foto do sapatinho na barriga variando o contexto e incluindo elementos da personalidade dos pais
O que usar?

Além do cenário, objetos do cotidiano do casal também podem enriquecer as fotografias. Se os pais gostam de cozinhar, por que não incluir utensílios da cozinha no ensaio? Um rolo de macarrão ou dois hashis, os famosos pauzinhos da culinária oriental, dão às fotos um toque de humor e criatividade. 

Danilo comenta que roupinhas e brinquedos do bebê também são bem-vindos para o ensaio, mas é preciso tomar cuidado para não cair no velho clichê. “Já estamos um pouco cansados de fotos com os sapatinhos do bebê sobre a barriga, o interessante é procurar inovar”. 

O figurino também é um item importante. Esqueça o preto, que disfarça a barriga. Escolha roupas leves e, se possível, que marquem a silhueta. A barriga não precisa estar de fora: tudo depende do quão confortável a mãe está se sentindo. O importante é que elas se sintam à vontade.

ASSINE A NEWSLETTER DO DELAS E RECEBA AS NOTÍCIAS EM SEU E-MAIL

Como fazer?

Para as fotos transmitirem um ar de espontaneidade, não há segredo: é preciso ser espontâneo de verdade. Para a fotógrafa Erika Verginelli, o principal é estar no clima de fazer o ensaio: “É um ingrediente infalível para fotos criativas e bem humoradas”. 

De acordo com Erika, confiar em quem está fotografando traz resultados lindos. Mas há alguns ângulos que favorecem – e outros não.

Alex recomenda evitar fotografar a gestante bem de frente. “O ângulo acaba desfavorecendo porque não mostra as curvas da barriga”, afirma. A futura mãe deve ficar sempre ao menos um pouquinho de lado.

Leia também
Dez dicas para fotografar seu bebê
Entrevista com a fotógrafa Anne Geddes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.