Tatiana Damberg e a filha Alice se divertem em uma sessão que mostra a paixão da menina por maquiagens

Alice se observa no espelho ao fim da brincadeira: paixão por maquiagem exige negociação com a mãe
Reprodução
Alice se observa no espelho ao fim da brincadeira: paixão por maquiagem exige negociação com a mãe
Se filho de peixe peixinho fosse, a brincadeira favorita de Alice envolveria panelinhas e comidas invisíveis. Mas a filha de três anos da produtora culinária Tatiana Damberg, 32, é apaixonada por outro métier : o da maquiagem. 

Leia também: crianças podem se maquiar?

“Para falar a verdade, acho que ela tem mais maquiagens do que eu”, conta Tatiana. Segundo a mãe, a paixão de Alice por maquiagem deve ter vindo da avó, que “sempre tem um batonzinho na bolsa para entreter as crianças”. Para a filha, ela observa, se maquiar é “uma brincadeira”.

Mesmo assim, Tatiana impõe limites. Com bom senso, ela estabelece algumas “combinações” que Alice já conhece. Para o dia a dia ou ir ao balé, o máximo permitido é passar um brilhinho. Só em dia de festa a sombra colorida está liberada. Rímel, muito de vez em quando.

Acompanhando a filha em uma sessão de maquiagem, ela mostra que é possível encarar a paixão de uma criança por blush e batom como uma brincadeira divertida – e não como um manifesto de precocidade. Assista:


Leia mais
Mãe, quero ser loira! Quando ceder à vaidade infantil?
Brinquedos de menino e brinquedos de menina

    Leia tudo sobre: maquiagem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.