Como escolher a roupinha de batizado para a criança

Veja os tipos de tecido mais indicados, as melhores maneiras de conservar as peças e confira 17 modelos para se inspirar

Giovanna Tavares, iG São Paulo |

Thinkstock/Getty Images
Roupas devem deixar a criança confortável durante o batizado
Independentemente da religião praticada, muitas famílias fazem questão do ritual de batismo. Além de planejar a celebração, é preciso escolher com cuidado a roupa da criança.

O primeiro aspecto a ser levado em conta é o conforto. “Se o tecido for pesado demais pode incomodar a criança, além de irritar a pele dela, que é muito delicada”, afirma a consultora de imagem Ciça Gut.

Leia também
Como ensinar seu filho a se vestir sozinho
Até que idade é normal usar fantasia?

Tecidos derivados do algodão, como fustão e cambraia, são mais leves e os mais escolhidos para a confecção das peças infantis para o batizado.

Mandrião ou roupa social?

“A partir dos três meses, os pais podem vestir a criança com um mandrião, uma espécie de camisola de batismo”, diz a estilista Daniela Tonetti. A peça tradicional pode ser usada por meninos e meninas com até um ano.

Para crianças um pouco mais crescidas, o ideal é optar por roupas sociais. “Para as meninas, um vestido branco delicado. Para os meninos, calça e camisa ou um macacão branco”, acrescenta Daniela.

Pode ter um pouco de cor?

De acordo com a secretaria da Paróquia Igreja Nossa Senhora do Brasil, não é obrigatório o uso de vestes brancas, mas esta é a cor mais escolhida pelos pais. O branco simboliza a pureza de uma nova vida, menção feita pelo padre durante o batismo.

“Se a mãe quiser algo discreto e diferente do branco, pode pensar em tons off white”, observa Ciça Gut. Considere também o horário da celebração: por acontecer geralmente de manhã, tecidos brilhantes não combinam com a ocasião.

“Pode ter um detalhe colorido, mas bem de leve. Outro diferencial é bordar as iniciais da criança na roupa”, afirma Daniela.

Thinkstock/Getty Images
Pais podem incrementar a roupa de batizado com estampas delicadas ou coloração leve

Como conservar?

Alguns cuidados são necessários para guardar a roupa do batizado como recordação.

Lavar a roupa à mão, em vez de colocá-la na máquina, ajuda a conservar o tecido. “Mesmo o sabão neutro é um pouco ácido. Portanto, a peça deve ser enxaguada de três a quatro vezes, para eliminar todos os resíduos”, afirma Rejane Nascimento, gerente de treinamento da rede de lavanderias 5aSec.

Esqueça o saco plástico na hora de guardar. De acordo com Rejane, manter a roupinha embalada pode deixá-la amarelada e favorecer a proliferação de micróbios e fungos.

“A roupa branca fica naturalmente amarelada com o tempo. Guardá-la em uma fronha azul marinho evita isso”, aconselha Ciça Gut. O pigmento anil, presente em tecidos na cor azul, ainda protege contra o desgaste das fibras da roupa.

Confira abaixo 17 ideias para o visual do seu filho no dia do batizado:

O vestido Margot Baby, em tafetá de seda pura, custa R$ 449,90 na loja infantil Fio Encantado. Foto: Amana Salles/FotoarenaO vestido Brunne também é feito em tafetá de seda pura, mas na cor lilás clarinho. R$799,90, na Fio Encantado. Foto: Amana Salles/FotoarenaPublicidadeO vestido Camadas, 100% algodão, sai por R$ 308. O sapato Verniz Branco custa R$179,90. Fio Encantado. Foto: Amana Salles/FotoarenaPara adquirir um conjunto da Gucci – bata de algodão com laise, calça de sarja e sapatinho – é preciso ir a uma das lojas e solicitar por encomenda. Preço sob consulta. Foto: DivulgaçãoVestido de linho e seda e sapato com detalhe dourado, também da Gucci. Preço é só sob consulta. Foto: DivulgaçãoPara facilitar, a marca Lilica Ripilica vende kits de batizado prontos. Este reúne vestido de manga curta, faixa de cabelo e calcinha. R$ 219,90. Foto: DivulgaçãoEste conjunto vem com vestido de manga comprida, faixa de cabelo e calcinha em tricô. De Lilica Ripilica, R$ 259,90. Foto: DivulgaçãoO vestido Sunrise, em 100% algodão, custa R$ 385 na Mercatore. O sapato Party Tip Toey Joey é vendido à parte – R$98. Foto: Amana Salles/FotoarenaO vestido Sorbet custa R$ 172 e a sandália Sunny Tip Toey Joey, R$98. Na Mercatore. Foto: Amana Salles/FotoarenaO vestido de pois, inspirado em uma chuva de bolinhas, é da marca italiana infantil Monnalisa. Preço sob consulta. Foto: DivulgaçãoVestido creme em tecido nobre, também da Monnalisa. Preço sob consulta. Foto: DivulgaçãoO tradicional mandrião é aconselhado para bebês de até um ano. R$ 762, da Mercatore . Foto: Amana Salles/FotoarenaO macacão Bless tem manga curta e é feito em tecido 100% algodão. Da Trussardi, R$ 113. Foto: DivulgaçãoPara pais que querem um traje mais completo, camisas com gravata embutida (R$ 139,90) e jardineira (R$ 179,90). Da Tyrol. Foto: Amana Salles/FotoarenaBody (R$ 69,90) e blazer (R$ 149,90) em conjunto. Da Tyrol. Foto: Amana Salles/FotoarenaBody (R$ 69,90) e blazer (R$ 149,90) em conjunto. Da Tyrol. Foto: Júlia LeãoCombinar conforto e personalidade é um desafio da escolha da roupa do batizado. Brum Pliss, R$147. Da Mercatore. Foto: Amana Salles/Fotoarena

(Reportagem visual de Júlia Leão. Preços pesquisados em abril/2012)

Leia mais
Tomar café? Pintar o cabelo? Tudo que a grávida pode ou não fazer durante a gestação
Guia do Bebê: os desafios e características de zero a doze meses

Serviço
Gucci
Fio Encantado
Mercatore
Monnalisa
Tyrol
Lilica Ripilica
Tigor T. Tigre

Leia tudo sobre: filhosbatizadoroupinhabrancovestidoroupa socialmandriãoconservação

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG