Segundo estudo recente realizado na Espanha, 62% dos estudantes carregam mochilas que excedem 10% do seu peso corporal

Mochilas devem ter até 10% do peso do estudante
Getty Images
Mochilas devem ter até 10% do peso do estudante
Muitos adolescentes carregam mochilas escolares com mais de 10 a 15% do seu peso corporal, o que os coloca em risco para sofrer de dores nas costas e distúrbios relacionados, diz um novo estudo. A ameaça do peso se torna ainda maior porque a maioria dos adolescentes não se exercitam o suficiente, segundo os pesquisadores.

Leia mais
Saiba como deve ser a mochila do seu filho

O estudo incluiu mais de 1.400 alunos com idades entre 12 a 17, em 11 escolas em uma província no noroeste da Espanha. Os adolescentes foram pesados com a mochila que normalmente levam para a escola e pesados novamente sem a mochila.

Os pesquisadores também coletaram informações sobre a altura dos alunos, rotina de exercícios, problemas de saúde e saúde da coluna.

O peso médio das mochilas dos estudantes foi de quase 7 kg. Cerca de 62% dos estudantes carregavam mochilas com mais de 10% do seu peso corporal, e 18% deles levavam mochilas que excediam 15% do seu peso corporal.

Leia mais

Saiba se o peso de sua mochila está correto

Um em cada quatro alunos disse ter sentido dores nas costas por mais de 15 dias durante o ano anterior. O problema mais comum foi a escoliose, ou curvatura errada da coluna vertebral, diagnosticada em 70% dos alunos com dor nas costas. Lombalgia e contração muscular contínua e involuntária também foram problemas comuns.

As meninas se mostraram mais propensas que os meninos a ter problemas nas costas, e seu risco parece aumentar com a idade.

Os adolescentes com as mochilas mais pesadas eram 50% mais propensos a ter dor nas costas por mais de 15 dias, em comparação àqueles com as mochilas mais leves.

O estudo foi publicado online na revista “Archives of Disease in Childhood”.

Médicos e professores precisam educar pais e crianças sobre os riscos de transportar mochilas pesadas para a escola todos os dias, disseram os pesquisadores.

Leia também
Como ajudar seu filho a se adaptar na nova escola
Da escola particular à rede pública: mães dividem medos e conquistas ao trocar filhos de colégio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.