Você sabe o que é vaginismo? Entenda essa doença quase desconhecida e saiba como ela pode afetar a vida de muitas mulheres

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=ModeloiG%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237491685821&_c_=MiGComponente_C

Acordo Ortográfico

Mulheres que sentem dor durante a penetração podem sofrer de vaginismo. A contração da vagina pode ter diversos fatores e o ato sexual fica prejudicado e até mesmo impossibilitado. E isso pode ser mais grave do que você imagina.


O obstetra Dr. Benjamin Rodriguez Lopez já presenciou diversos casos em que o parceiro não entende o problema da mulher e coloca fim no relacionamento. "Uma paciente minha casou e anulou o casamento, pois não houve consumação do ato sexual. Um tempo depois ela encontrou um parceiro e engravidou, num processo que durou de três a quatro anos. Já tive em meu consultório uns cinco casos de anulação de casamento por causa do vaginismo, conta o especialista.

As causas deste mal podem ser um reflexo de uma infecção, traumas ou de uma educação muito rígida. Veja como detectar a doença e as formas de tratamento:

O que é o vaginismo?
Trata-se de uma contração involuntária da vagina que provoca dor na penetração e, em alguns casos mais severos, impede a penetração do pênis na vagina. A vagina é um tubo elástico que mede, em média, 7 centímetros. O pênis, na média brasileira, mede de 15 a 18 centímetros. Se a vagina não sofrer distensão elástica e contrair, o ato sexual é prejudicado.

Quais são as principais causas?
Pode ser consequência de uma infecção ginecológica, ou seja, a mulher sente dor por causa da infecção e fica com medo de ser penetrada, contraindo assim a vagina.

O fanatismo religioso também é uma das causas do vaginismo, pois a mulher passa a acreditar que o ato sexual é pecado, causando a contração.

Os casos mais comuns estão associados a traumas psicológicos, causados por estupro, atentado de violência ou abuso sexual. Quando uma mulher que passou por isso vai ter uma relação sexual, ela não consegue relaxar.

Existe tratamento para o vaginismo?
Se a causa do vaginismo for infecciosa, o médico vai prescrever um analgésico para tirar a dor. Em outros casos, o tratamento é feito em conjunto com um sexólogo e um psicoterapeuta.

Qual o papel do parceiro na solução do vaginismo?
O vaginismo é motivo até de anulação de casamento. Importante lembrar que a mulher precisa de um parceiro que a entenda e que seja paciente.


Leia mais sobre: vaginismo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.