Câmara dos Deputados dá início às comemorações do dia da mulher

A Câmara dos Deputados discute nesta terça-feira, 4 de março, o cumprimento efetivo sobre a lei Maria da Penha, que pune com rigor a violência doméstica. A inserção feminina na política também será discutida. "O presidente da República precisa ouvir o que nós, mulheres políticas, temos a dizer em favor do desenvolvimento no Brasil", destacou Sandra Rosado, do PMDB/RN, quando foi eleita coordenadora da bancada.

Durante a comissão geral, também deverão ser lembrados os dez anos da morte da deputada federal Ceci Cunha, de Alagoas, assassinada no dia da sua diplomação, em dezembro de 1998. "Infelizmente é um caso que está impune e que marca a nossa luta pelo combate à violência contra mulher", afirma Sandra. A bancada feminina quer levar o resultado da comissão ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As parlamentares querem entregar a ele um documento com propostas já deliberadas e que só dependem do apoio formal do presidente da República.

Além dos parlamentares da Câmara e do Senado, foram convidados para o debate representantes do Executivo e de entidades ligadas à causa da mulher, deputados estaduais e vereadores. A Comissão é aberta à participação do público. As comemorações do dia internacional da mulher na Câmara começam hoje e vão até o dia 14 de março.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.