No dia mundial dos animais de rua, veja algumas dicas e evite frustrações na hora de levar um animalzinho abandonado para casa

Um dos principais incentivos para resolver o problema dos animais de rua é simples: adote
Getty Images
Um dos principais incentivos para resolver o problema dos animais de rua é simples: adote
No dia 4 de abril é comemorado o dia mundial dos animais de rua. Segundo a ONG por trás da ideia, a "StrayAnimalsDay", a iniciativa faz parte de uma série de ações para chamar a atenção para os cerca de 600 milhões de animais abandonados em todo o mundo. Um dos principais incentivos é simples: adote. Será, no entanto, que você está pronto para isso?

Mais do que um companheiro, o pet é um ser vivo que exige cuidado e atenção. Ter um animal é uma prova de responsabilidade e doação. Confira algumas dicas da veterinária Cláudia Araújo de Oliveira para saber se você está ou não pronto para ter um mascote em casa:

Antes de adotar, avalie:
- Se a casa e todos os membros da família querem um novo amigo.
- Se existe tempo no dia a dia para dar atenção ao bichinho.
- Se as despesas cabem no orçamento.
- Se o animal terá onde ficar em caso de viagens.

Ao adotar:
- Confie na empatia. Escolha aquele com quem você mais se identificar.
- No caso dos filhotes, nem sempre é possível saber o tamanho que eles terão. Às vezes, eles crescem mais do que o esperado.
- Os animais peludos dão mais trabalho para cuidar. É necessário escovar para evitar nós e tosar periodicamente, dependendo da raça. Leve isso em consideração.
- Os adultos geralmente já têm suas manias. Pergunte se o 'candidato' morde muito ou costuma fugir do abrigo.
- Fique atento em relação a vermifugação, vacinação e castração.

Depois de adotar:
- Leve ao veterinário para um exame geral. Aproveite para tirar todas as dúvidas de saúde e cuidados com o animal.
- Estabeleça os limites logo no primeiro dia do bicho na nova casa.

Continue lendo:
- Os 32 gatos mais bonitos do Brasil
- Que tal um coelho de estimação?
- Por que os gatos sobrevivem a quedas de grandes alturas?

>>> Assine a Newsletter , curta nossa página no Facebook e siga o @Delas no Twitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.