Estudo elege as 10 canções mais marcantes da história. O primeiro lugar vai para "We Are The Champions", da banda inglesa Queen

Vocalistas do sexo masculino levam vantagem para tornar uma música inesquecível
Getty Images
Vocalistas do sexo masculino levam vantagem para tornar uma música inesquecível
Você já parou para se perguntar por que não esquece algumas músicas ao longo dos anos? E muitas vezes, elas nem são suas preferidas.

Leia também:
- Quais as vantagens de saber rir de si mesmo?
- Ser chato não compensa

Um estudo dirigido pelo musicólogo Alisun Pawley, da York University, e pelo psicólogo Daniel Mullensiefen, da Goldsmiths University of London, revelou que as músicas mais lembradas possuem características em comum como, por exemplo, o sexo do intérprete. Eles afirmam que cantar junto com um vocalista homem seria uma espécie de grito de guerra subconsciente que despertaria uma parte tribal do ser humano.

CURTA A PÁGINA DO DELAS NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

Além disso, também ajuda se a música tiver vozes altas e grandes esforços vocais masculinos que indicariam alta dose de energia. Os pesquisadores passaram 30 noites acompanhando o comportamento de mais de mil pessoas enquanto cantavam juntas diversas músicas. Ao fim do trabalho, os pesquisadores elegeram as dez canções mais marcantes da história.

Confira o ranking:

1 - We Are The Champions (Queen)
2 - Y.M.C.A., (Village People)
3 - Fat Lip (Sum 41)
4 - The Final Countdown (Europe)
5 - Monster (The Automatic)
6 - Ruby (The Kaiser Chiefs)
7 - I'm Always Here (Jimi Jamison)
8 - Brown Eyed Girl (Van Morrison)
9 - Teenage Dirtbag (Wheatus)
10 - Livin' on a Prayer (Bon Jovi)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.