Renata Cavalieri, depois de advogar por 27 anos, tornou-se uma empresária de sucesso

Renata Cavalieri mudou de carreira depois de 27
anos advogando
Divulgação
Renata Cavalieri mudou de carreira depois de 27 anos advogando
Depois de uma carreira de sucesso como advogada, Renata Cavalieri, hoje com 51 anos, sentiu a necessidade de mudar de vida. Ela criou seus cinco filhos no meio de uma rotina corrida. “Muitas vezes, eu chegava ao escritório de manhã e descobria que precisava ir para Brasília, com a roupa do corpo”. Cansada disso, queria sossego, mas nem tanto: parar de trabalhar não estava nos planos.

“Eu sempre quis ser empresária, ter algo meu. Tinha uma vida muito puxada, chefe de um departamento jurídico há 14 anos, com cinco filhos, e o marido queria que eu diminuísse o ritmo”. Lendo um jornal de economia na Internet, Renata se deparou com um anúncio de uma rede de academias de ginástica, em busca de novos franqueados: “Achei muito interessante se tratar de uma academia só para mulheres e entrei em contato”.

Foi quando Renata entrou em contato com a empresa e, em 2005, abriu sua primeira unidade – hoje, tem duas. Mas com muita calma. “Apesar de ser impulsiva, não fiz nada sem refletir. Pesquisei bem o mercado, escolhi um bom ponto, fiz cursos de gerenciamento de academias e ainda me mantive no meu emprego por mais de um ano após a inauguração”, conta.

Ela, que decidiu por uma franquia, defende essa opção. “A vantagem da franquia é ter o respaldo de uma grande empresa. Se eu abrisse uma academia sozinha, não poderia, por exemplo, bancar campanhas publicitárias em grandes veículos. Temos acesso a um bom software, consultores, manuais, ajuda para contratar profissionais... A empresa te ajuda desde o início, burocrático, até á inauguração”.

O sucesso foi grande. E o retorno financeiro compensador... “O investimento para abrir uma franquia é de cerca de R$ 250 mil e, em mais ou menos 5 ou 6 meses, eu recuperei esse investimento”. E ela dá a dica para quem pensa que é preciso ter muito dinheiro para fazer o mesmo. “Você pode parcelar esse valor, juntar com o fundo de garantia, vender o carro, pedir um financiamento no banco... Não precisa ter esse montante na mão”, explica. “Mas, claro, tudo muito bem pensado”.

E os louros vão além das finanças. “A satisfação pessoal é muito grande: são quase 700 mulheres que a gente cuida... Mulheres que eu ajudo a mudar”. Além disso, são 23 funcionárias, fora os empregados eventuais. “Me sinto bem por poder dar emprego, oportunidade. Estou ajudando a movimentar esse país, formando pessoas, ensinando estagiários, pagando impostos...”, exemplifica.

Além de empresária

Depois de abrir a segunda unidade, Renata descobriu um novo talento. “Percebi que era boa em vendas. Acabei vendendo unidades da mesma franquia, a Contours, para 12 alunas minhas, mesmo não ganhando por isso”. Mas a descoberta dessa habilidade fez com que ela decidisse ampliar seus negócios.

“Estou trazendo para o Brasil uma outra academia, a Fitness Together. Serei a detentora dos direitos de comercialização da marca”. A rede visa atingir o público de classe A, com aulas com hora marcada e um professor para cada aluno. E mesmo com tanto trabalho, ela garante que a vida é bem mais sossegada. “Minha rotina é muito mais tranquila, mais leve, por mais que administrar um negócio não seja fácil”, conclui.

Serviço: Contours Academia para Mulheres - http://contours.com.br/

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.