Acusada de ter dado 'golpe do baú' e 38 anos mais jovem do que ele, mulher de Rupert Murdoch leva vida independente do marido e se destaca como produtora de cinema

NYT

Se alguém tem autoridade para dar conselhos sobre como se tornar insensível às críticas alheias, essa pessoa é Wendi Deng Murdoch , de 43 anos, tão ambiciosa e atarefada que nem mesmo a mais determinada das socialites de Manhattan aguentaria o seu pique.

Desde que ela e Rupert Murdoch , dono do grupo de comunicações News Corporation, casaram-se em 1999, Wendi, terceira esposa de Rupert Murdoch e 38 anos mais jovem que ele, foi descrita como um "acessório de luxo" e, na pior das hipóteses, como alguém que queria dar um "golpe do baú".

Ultimamente, porém, a intrincada narrativa de como Deng Wen Di, da província de Jiangsu, no leste da China, transformou-se na Wendi Murdoch do triplex Rockefeller na Quinta Avenida - e de outras casas em Beverly Hills e Carmel, na Califórnia; em Londres; em Cavan, no Sul da Austrália; e em Pequim) - tem tomado outro rumo.

Assim que se casou com Rupert Murdoch, Wendi foi taxada como
AP
Assim que se casou com Rupert Murdoch, Wendi foi taxada como "acessório de luxo" do magnata da mídia

Mesmo em um momento em que a empresa de seu marido, a News Corporation, enfrenta julgamento por um escândalo relacionado a escutas telefônicas em seus jornais britânicos, Murdoch tem se destacado com sua própria carreira independente, mergulhando em um círculo social que inclui os empresários  David Geffen Larry Ellison , o ex-primeiro-ministro britânico  Tony Blair , a atriz  Nicole Kidman e o cantor  Bono , muitas vezes sem a presença do marido.

Seu primeiro filme, "Flor da Neve e o Leque Secreto", baseado no famoso livro homônimo e produzido com a também chinesa Florence Sloan , esposa de outro magnata da mídia, o ex-chefe dos estúdios da MGM Harry E. Sloan , foi lançado em 2011.

A dupla está perto de assinar um contrato com a Sony Pictures para distribuir o seu segundo filme, baseado na biografia "Journey of a Thousand Miles" ("Uma viagem de mil quilômetros", em tradução livre), do pianista chinês Lang Lang .

Segundo um porta-voz da família, Murdoch não quis ser entrevistada para este artigo, assim como outros membros da família. Mas muitos de seus amigos estavam dispostos a discutir a nova e, como dizem, mais coerente persona pública de Murdoch.

Leia mais :  Danuza Leão e a mulher ageless

Eles descrevem Murdoch como alguém que, acima de quase tudo, trabalha fazendo redes de contato em escala mundial. Ela organiza jantares anuais com mulheres poderosas, lançamentos de livros de amigos e reuniões regularmente. Quando Tony e a mulher  Cherie Blair visitaram Pequim, em 2009, Murdoch organizou um jantar com alguns dos mais influentes formadores de opinião chineses. (Cherie está agora entre as pessoas que estão processando o jornal britânico da News Corporation no escândalo das escutas telefônicas.)

Em maio de 2011, quando Hugh Jackman , amigo de Murdoch, que fez uma pequena participação em "Flor da Neve e o Leque Secreto", estava começando a subir ao palco para apresentar seu espetáculo solo em São Francisco, o projeto ainda era pouco conhecido. Até Murdoch se envolver.

"Surpreendentemente, a Wendi conseguiu atrair cerca de uma dúzia das pessoas mais influentes do setor", escreveu Jackman por e-mail. "Ela é a melhor relações-públicas que existe." Mais tarde, o espetáculo foi realocado para a Broadway.

Depois da torta 

Se houve um momento específico que marcou a ascendência da senhora Murdoch na imaginação pública, ele aconteceu durante o depoimento do marido em julho passado, perante uma subcomissão parlamentar britânica, sobre o escândalo de escutas telefônicas protagonizado por um de seus jornais, o News of the World. Vestindo um casaco cor de rosa, ela se sentou atrás dele, pulando instintivamente da cadeira para proteger o marido de uma torta jogada por um manifestante.

"Até o incidente da torta, ela tinha realmente ficado marcada como a clássica esposa mais jovem com um toque de racismo e estereótipos", disse Andrew Butcher, ex-executivo sênior de comunicação da News Corporation. "Aquilo mudou tudo para ela". "Foi um evento que pareceu finalmente dar legitimidade ao casamento", acrescentou.

Wendi ficou conhecida internacionalmente depois de proteger o marido de uma torta jogada por um manifestante, durante uma audiência no parlamento britânico
AP
Wendi ficou conhecida internacionalmente depois de proteger o marido de uma torta jogada por um manifestante, durante uma audiência no parlamento britânico

Se Wendi Deng Murdoch não tivesse casado com o mais poderoso magnata da mídia do mundo, sua vida seria provavelmente um retrato idealizado da história de imigrantes nos Estados Unidos.

Terceira filha de um diretor de fábrica do Cantão, ela se muda para os Estados Unidos e consegue um emprego no restaurante Sichuan Garden, em Westwood, Califórnia, recebendo 20 dólares por dia e podendo tomar todas as sobras de sopa que conseguisse. Estuda à noite em uma faculdade suburbana, é aceita por uma das universidades mais prestigiosas dos Estados Unidos, entra no negócio da mídia e, de repente, se vê andando sobre tapetes vermelhos e organizando jantares no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. Mas a sua história não é um conto de imigrantes típico.

Em 1998, depois que Liz Smith anunciou no New York Post que Rupert Murdoch e a ex-mulher Anna, com quem tinha sido casado por 31 anos, tinham se separado de forma amigável, a empresa construiu uma narrativa amplamente aceita de que Murdoch e Wendi Deng tinham se conhecido mais tarde, depois que ele e Anna já estavam separados, quando Deng acompanhou Rupert Murdoch em uma viagem a Pequim.

Confira: Mulher viaja o mundo para encontrar amigos do Facebook

Na realidade, eles se conheceram meses antes, durante uma reunião pública informal na Star TV, de acordo com uma pessoa que era próxima a Rupert Murdoch na época. Os funcionários, reunidos na esplendorosa nova sede da empresa na área de Kowloon, em Hong Kong, estavam fazendo perguntas inofensivas para Rupert Murdoch. Foi quando Deng se apresentou.

"Por que a sua estratégia para a China é tão ruim?", ela perguntou a Rupert Murdoch com seu inglês pouco fluente, segundo uma pessoa próxima à News Corporation que participou da reunião. Insatisfeita com a resposta, ela se aproximou do magnata após a reunião. Eles falaram dos meios de comunicação, da China e de negócios, todas as coisas que, vindo de uma mulher mais jovem e atraente, aparentemente mostraram ser um afrodisíaco para Rupert Murdoch.

Ele foi pego de surpresa pela forma como Deng foi direta (os amigos dizem que ela não costuma pensar muito antes de falar) e pelo quanto ela gostava de falar de negócios, de acordo com pessoas próximas ao casal.

Em 1999, 82 convidados assistiram ao casamento dos dois a bordo do iate de 47 metros de Rupert Murdoch, o Morning Glory, no porto de Nova York.

Os amigos de Wendi Murdoch gostam de falar sobre como o dinheiro não mudou a essência impetuosa, espontânea e engraçada da mulher que Rupert Murdoch conheceu naquele dia em Kowloon. Mas sob outros aspectos, os bilhões do marido a transformaram significativamente.

Ela costumava lavar as próprias roupas e o rosto com o mesmo sabonete, contou um artigo publicado em 2008 pela Vogue, e raramente usava maquiagem, muito menos desfrutava de luxos das altas elites – como aulas de ioga particulares com suas amigas Kathy Freston e Arianna Huffington – que vivencia hoje.

Sedutora calculista?

Quando estudava na Universidade Yale, ela frequentava a loja de departamentos Filene's Basement para comprar vestidos assinados por estilistas com desconto. Hoje, ela é fotografada regularmente vestindo Rodarte e Prada.

Ao mesmo tempo, ela tentou encontrar um lugar próprio no negócio da família, organizando reuniões com pessoas influentes na China e se envolvendo com as operações chinesas do MySpace. Como chefe da Star TV, James Murdoch trabalhou com a madrasta para tentar melhorar a posição da News Corporation na China.

Quando estava na universidade, Wendi Murdoch só usava roupas de lojas populares, agora só sai de casa com modelos de grifes como Prada e Rodarte
NYT
Quando estava na universidade, Wendi Murdoch só usava roupas de lojas populares, agora só sai de casa com modelos de grifes como Prada e Rodarte

Ainda assim, ela enfrentou obstáculos. O primeiro aconteceu em 2000, quando o The Wall Street Journal, que ainda não pertencia à News Corporation, publicou um artigo de 4 mil palavras na primeira página sobre ela.

O texto descrevia como ela, em 1988, aos 19 anos, havia se mudado para Los Angeles para morar com um casal, Jake e Joyce Cherry, para aprender inglês. Jake Cherry e Wendi Deng tiveram um caso, de acordo com o artigo, e ela se casou com ele em 1990.

O casamento durou dois anos e sete meses, de acordo com registros judiciários de Los Angeles. Nesse tempo, ela conseguiu uma autorização de residência permanente dos Estados Unidos, o "green card", e se matriculou na Universidade do Estado da Califórnia, em Northridge.

Rupert Murdoch ficou furioso, de acordo com pessoas próximas à News Corporation que não quiseram comentar o artigo em entrevista. O artigo, assim como a cobertura subsequente feita por outras publicações, rotulou Wendi Murdoch como uma sedutora calculista durante boa parte da década passada.

Mais tarde, em 2006, uma entrevista concedida por Rupert a Charlie Rose na TV catalisou uma constrangedora batalha conjugal. Ele declarou que embora Grace e Chloe, suas filhas com Wendi, tivessem participação econômica equivalente nos bens da família, elas não teriam o mesmo direito a voto como acionistas que os filhos de seus casamentos anteriores, Prudence, Elisabeth, Lachlan e James.

Wendi Murdoch ficou furiosa. Ele nunca tinha ouvido falar dessa decisão. "Ele virou aquele marido típico que a esposa ameaça abandonar", disse uma pessoa próxima à News Corporation, que não quis revelar o nome, sobre o relacionamento dos Murdoch. "Foi surreal."

Rupert Murdoch está no terceiro casamento
AP
Rupert Murdoch está no terceiro casamento

Rupert Murdoch sob controle

Eles superaram o ocorrido. Wendi teve um impacto extremamente positivo sobre Rupert. Ela chama a atenção de Rupert abertamente quando ele perde a compostura e diz quando ele está errado, mesmo quando os dois estão em público.

"Ela tem uma ótima personalidade otimista e é uma das poucas pessoas que conseguem manter Rupert Murdoch sob controle", disse Butcher, antigo porta-voz da News Corporation. "Bem no começo do casamento, ela era um pouco submissa, mas isso mudou bem rápido."

Nos últimos meses, os Murdoch passaram a viver de modo mais independente um do outro, com Wendi Murdoch levando as meninas para as aulas de piano e chamando atenção em tapetes vermelhos de eventos de gala, e Rupert Murdoch lidando com o escândalo que se desenrola na Grã-Bretanha. Para Wendi Murdoch, não foi sempre fácil, no entanto, sentir-se confortável perto das companhias que mantém hoje.

Ela ainda faz referências regulares (e bem humoradas) a quão longe ela conseguiu chegar desde a sua infância pobre na China.

Como no ano passado, quando ela e Ariana Huffington organizaram uma festa no apartamento de Huffington, em Manhattan, para comemorar o mais recente livro de Freston sobre perda de peso, "The Lean". Como Freston é vegana, os responsáveis pelo banquete serviram aperitivos requintados sem carne, incluindo tofu, quinoa e couve-de-folhas.

Huffington lembrou do brinde feito por Wendi Murdoch na ocasião: "Ela disse: 'Eu tive uma vida tão pobre na China que sonhava em um dia poder comer carne regularmente'", contou Huffington. "'Agora que posso comer carne três vezes por dia, a Kathy nos diz que não podemos comer carne de jeito nenhum.'"

Continue lendo: 
Priscilla Chan, senhora Mark Zuckerberg
Conheça a Erin Brockovich brasileira

>>> Assine a  Newsletter , curta nossa página no  Facebook  e siga o @Delas no  Twitter  <<<

    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.