A French Tuesdays é uma festa mensal com clima cosmopolita onde para entrar é preciso ser indicado

Uma festa onde são vendidas 130 garrafas de Champagne Moët & Chandon em cinco horas. Não há cerveja no cardápio, a água é francesa e os homens vestem camisas e paletó. Assim é a French Tuesdays (“Terças Francesas, em português), balada que acontece mensalmente em São Paulo e em outras seis cidades: Los Angeles, São Francisco, Miami, Nova Iorque, Paris e Cidade do México.

O evento acontece nas melhores casas noturnas da cidade e só entra quem está em uma seleta lista de membros ou foi indicado por um deles. “Mesmo se for o George Clooney que chegar aqui eu não vou deixar entrar, ele precisa primeiro ser indicado”, diz Frederic Junk, francês que trouxe a festa para o Brasil.

null

O conceito nasceu em Nova York, nos Estados Unidos, e está em solo nacional desde o final do ano passado. A festa tem uma proposta cosmopolita, com hits comandados pelo DJ acompanhados de saxofone e tambores. “Se você é membro e estiver em Los Angeles, vá na French Tuesday de lá”, diz Junk.

O horário de happy hour é um dos grandes diferenciais da balada: das sete da noite até uma da manhã, o que justifica a presença de tantos empresários. Segundo o organizador, o ambiente é adequado para fazer networking, contatos de trabalho, já que é só a partir das nove da noite que a pista de dança fica cheia e o encontro toma cara de festa, com dançarinas de biquíni prateado em cima das mesas.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.