Confira alguns truques simples para não se descabelar e manter o bom humor na hora de trabalhar

Pausas são essenciais durante a jornada do dia
Getty Images
Pausas são essenciais durante a jornada do dia
Não tem nada mais desgastante que acordar cedo (e sempre atrasada), mal tomar café, aguentar o trânsito até o local de trabalho, suportar as pressões dos chefes, passar o dia inteiro na frente de um computador e ainda ter que lidar com os piripaques que o corpo dá diante de toda essa correria. Mas saiba que é possível amenizar a sensação de mal estar, melhorar o desempenho profissional e ainda aliviar a cabeça das tensões com atitudes simples e sem muito esforço. Descubra como é possível relaxar mesmo com uma pilha de obrigações para cumprir. É hora de mudar!

O sagrado cafezinho
Simples, quentinho, dá um gás a mais e mesmo assim consegue ser confortante. Fazer algumas pausas durante o expediente para tomar um bom café funciona muito bem como um respiro. Seja para simplesmente esticar as pernas e dar uma voltinha no corredor, conversar um pouco com as amigas ou apenas para tirar os olhos da frente do computador, o café é um excelente motivo para você parar tudo e desencanar. Mas e a cafeína?

“Em quantidades moderadas, de 400 a 500mg por dia (o que corresponde a até 4 xícaras), a cafeína não é prejudicial a saúde humana”, explica Darcy Roberto Lima, coordenador do programa Café e Saúde. Claro que, se você não gosta da bebida, a pausa para bebericar alguma coisa é válida do mesmo jeito. Usar a frase 'Vamos tomar um cafezinho?' para beber um suco, chá ou refrigerante não vai chatear os companheiros de café.

Esticada no corpo
Dor no punho de tanto digitar aquele relatório sem fim, que mais parece uma enciclopédia? Dor nas costas de passar horas sentada na cadeira, corrigindo provas? Exercícios repetitivos ou permanecer muito tempo na mesma posição é desgaste do corpo (e da mente) na certa. Para relaxar, nada melhor que um alongamento.

“Durante o expediente é indispensável a realização de exercícios de alongamento. Desta forma, pode se garantir uma melhora na postura, na elasticidade e no desgaste das articulações”, explica a fisioterapeuta Claudia Wanderck, diretora da Clínica Long Life de Fisioterapia.

E isso não significa que você terá que trocar seu horário de almoço por uma hora de academia. A fisioterapeuta garante que os exercícios podem ser feitos em pausas pequenininhas (que duram de 30 segundos a um minuto), sem atrapalhar seu rendimento. Escolha as regiões mais tensas e se dê essas paradas a cada meia hora.

Uma dica para alongar os punhos e antebraço é entrelaçar os dedos à frente do corpo e girar mãos e punhos dez vezes no sentido horário. Repita o exercício no sentido anti-horário. Simples, fácil e fará toda a diferença no final do expediente.

Um almoço diferente
Não tem nada mais relaxante que utilizar a hora do almoço degustando uma comidinha de primeira, sem pressa e sem aquele aglomerado de gente, típico das praças de alimentação de shopping. Se você não tem muitas opções perto do local de trabalho, procure levar uma marmita com aquele prato que você prepara em casa e ninguém faz melhor. Ou caminhe um pouco mais e procure um restaurante mais tranquilo, escondido.

Novidades gastronômicas podem deixar o seu dia mais interessante. Outra dica é almoçar sozinha de vez em quando. Ajuda a relaxar e ficar ausente dos assuntos profissionais, ao menos uma hora do dia. Neste caso, não se esqueça de desligar o seu celular!

Livro na bolsa e internet para divertir
Sobrou um tempinho entre um trabalho e outro? Use esses minutinhos livres com alguma leitura que nada tenha a ver com o que você faz no horário do expediente. Deixe sempre na bolsa ou no armário um livro de literatura, quadrinhos, arte ou mesmo uma revista. Serve até aquelas de fofoca, com novidades da novela, caso você se amarre no assunto.

Se você só tem o hábito de ler coisas na internet, aproveite esse tempo com sites com obras de escritores famosos ou mesmo aqueles com joguinhos online. É bom para tirar da mente aquele enrosco que você não consegue resolver no trabalho – e olhar novamente para o problema com a cabeça descansada.

Yoga no trabalho
Pode acreditar: você pode praticar alguns exercícios de yoga dentro da empresa. A ideia é usar essas práticas para total relaxamento e, consequentemente, dar um up no seu desempenho. “A ioga desenvolve a resiliência (capacidade de lidar com pressão e adversidade), pois ajuda no fortalecimento da pessoa, que deixa de sofrer tanto os impactos causados pela pressão”, explica Carlos Legal, consultor e diretor da Legalas Desenvolvimento e Yoga no Trabalho.

Se a sua empresa oferece aulas durante o expediente, aproveite e entre para o time. De acordo com o consultor, praticar duas vezes por semana, com aulas de uma hora, é o ideal. Caso você não tenha esse serviço disponível, que tal colocar esse assunto em pauta na próxima reunião? O custo é baixo: basta uma sala vaga e alguns colchonetes.

Passeio ao ar livre
Às vezes, acostumada com a pressa e a correria dentro do escritório, o almoço é engolido em minutos e você acaba voltando ao trabalho antes do tempo necessário. Aproveite essa folguinha para fazer uma caminhada pelo bairro, ainda mais se por perto existir parques, exposições ou mesmo uma simples pracinha. “Além de proporcionar um momento de bem estar, caminhar após o almoço auxilia na digestão”, garante a nutricionista Daniela Martins.

Massagem express
No shopping, supermercado, galerias, centros empresariais, nas ruas. As cadeirinhas que oferecem as famosas Quick Massage estão espalhadas por todos os cantos e não é difícil encontrar uma próxima a você. Basta separar alguns minutinhos e você terá corpo e mente renovados.

"São apenas 15 minutos. Reduz o estresse, relaxa, alivia as tensões, além de melhorar o bem estar físico e mental durante o expediente. É uma excelente técnica para quem tem pouco tempo e convive com a pressão durante o expediente de trabalho," garante o massoterapeuta Eduardo Rovero.

Sessão beleza
Tem flexibilidade de horário durante o expediente? Dê um pulo no salão de beleza mais próximo e peça para a manicure dar um trato nas suas unhas. Enquanto ela capricha para deixar suas mãos impecáveis, você relaxa fora do ambiente de trabalho. Depois de momentos de estresse, nada melhor que um incremento na auto-estima.

Música para os ouvidos
Prepare um lista com aquelas canções que, quando tocadas, sempre levam a você um bem estar danado. Pode ser a música que você ouve com o namorado, na hora da balada, que tocava durante suas férias na praia. A única regra é que ela traga sempre boas lembranças e faça você dar uma desligadinha do trabalho.

“O benefício global da música é que é uma ponte muito bem construída entre a mais íntima interioridade e o compartilhamento mais radical desta experiência”, explica Durval Mazzei Nogueira Filho, psicanalista e psiquiatra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.