Do caimento ao conforto: oito recomendações para quem vai casar com o bebê na barriga

Casar durante a gravidez deixou de ser um tabu para a mulher moderna. E com isso aparece a necessidade de adaptar o tão sonhado vestido de casamento para a barriga saliente e eventuais mudanças no corpo.

Com o objetivo de garantir o brilho da futura mamãe no casamento, selecionamos dicas de visual para garantir liberdade de movimento, suavidade e a sofisticação que a data pede.


Pontos chave:
1. Uma das principais preocupações da noiva é com o conforto. Por isso o vestido deve ter uma modelagem que acompanhe a modificação da barriga com o avanço da gestação

2. Um corte acinturado logo abaixo dos seios deixa o espaço livre e solto para a barriga

3. Evite vestidos muito justos e volumosos. Prefira os mais soltos e retos, com tecidos leves, que não armam.

4. Entre os tecidos sugeridos estão organza, georgette de seda e renda francesa. “Para cair mais fluido, sem marcar muito”, explica a estilista Patrícia Granha. “Assim ele anda com a noiva e não vai prender a barriga”, completa.

5. No caso de aluguel, lembre-se de escolher um vestido que não fique apertado quando chegar o grande dia e que possa ser ajustado próximo a data do evento

6. Opte por um vestido que valorize a parte de cima do corpo. “O busto fica bonito na gravidez”, diz Patrícia, que sugere também um decote nas costas;

7. Lembre-se: não é só a barriga que estará maior no dia do casamento. A grávida pode ganhar peso e estar com as pernas e pés inchados: isso tudo influencia na escolha do vestido.

8. Os sapatos também merecem atenção. Saltos mais baixos são a melhor opção, já que a noiva fica muito tempo em pé.

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.