O estilo provençal predomina na casa de Rosana Pinheiro, em Campinas

Mesmo antes de se tornar avó, a consultora de comércio varejista Rosana Pinheiro já tinha uma casa com espaços amplos e ao mesmo tempo aconchegantes, em Campinas. Agora, com o nascimento do primeiro neto, o perfil de “casa da vó” está se consolidando nos 350 m² de área construída.

O quarto da filha que já é mãe ganhou ares infantis, com direito a berço. “Quero dar um toque especial a cada dormitório à medida que eu for ganhando mais netinhos. Quero que eles se sintam em casa, no quarto que já foi de suas mães”, diz ela, que não descarta a ideia de construir uma casa na árvore para que as crianças brinquem no jardim.

Com área social naturalmente ampla, Rosana ainda fez questão de integrar as salas de jantar e estar, assim como a cozinha, em estilo americano. “Isso é essencial para que a família fique mais unida, especialmente agora, que já tenho filhas casadas e, portanto, nos vemos menos.”

Viúva há dois anos, Rosana contou com a ajuda do marido para escolher cada detalhe da decoração. “Ele tinha muito bom gosto e me ajudou a tornar o nosso canto bastante agradável, em estilo provençal, com muita pátina, rendas, tons pastéis, luzes suaves, estampas florais, poucas linhas retas e muito branco.”

Além da sala, Rosana tem o costume de ficar com as filhas e o neto em seu quarto, que recentemente foi reformado pela arquiteta Aninha Paula Leite, supervisora da Casa Cor Campinas. “Queria um nicho para colocar fotos da família e um destaque para a lavanda, flor pela qual me apaixonei quando estive em Gramado na última viagem que fiz com meu marido”, conta.

Quando está sozinha, Rosana aproveita retalhos de tecidos para decorar a casa com peças de patchwork. “Gosto muito dessa arte, então montei um cantinho só para isso na sala.”

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.