Casal comemora o primeiro casamento gay do Brasil com direito a certidão de casamento, aliança, beijo e brinde com champagne

O primeiro casamento gay do Brasil teve brinde com champagne, como manda o figurino
Amana Salles/Fotoarena
O primeiro casamento gay do Brasil teve brinde com champagne, como manda o figurino
No dia Mundial do Orgulho LGBT, casou-se no Brasil o primeiro casal homossexual. Luiz André de Sousa Moresi e José Sérgio Sousa Moresi tiveram direito a certidão de casamento, aliança, noivo atrasado, beijo e brinde com champagne, como sonham muitos casais. O casamento de Luiz e José é o primeiro de "papel passado" - desde a decisão do STF, casais do mesmo sexo podiam oficializar suas uniões estáveis. Mas eles foram os primeiros a converter uma união estável homossexual em casamento propriamente dito.

Leia também:
Pais gays falam como contaram para os filhos
Meu filho é gay. E agora?

"Dedicamos nosso casamento a muitos militantes que lutaram por essa conquista. Muitas pessoas dizem que estamos destruindo a família. Pelo contrário, nós amamos a nossa e vivemos como uma", disse Luiz André. "Hoje celebramos a união de duas familias que passam a formar uma nova. Estamos falando hoje de direitos e dignidade humana." Emocionados, os dois choraram durante a cerimônia, que foi acompanhada por membros da família e amigos da comunidade LGBT.

O ato foi oficializado por Marcelo Salaroli de Oliveira, oficial de registro civil de Jacareí. "É uma porta aberta para que outros casais sigam esse caminho e um passo importante na luta pela igualdade dos diritos civis".

Luiz André e Sérgio se casaram em regime de comunhão parcial de bens, e, de acordo com José Luiz Bednarski, promotor de justiça que acompanhou o caso, a união não pode ser anulada. "A decisão partiu de um fundamento jurídico sólido. O casal tem os mesmos deveres e direitos de qualquer outro", afirmou o promotor. Ele informou que os próximos pedidos de habilitação da união estável para o casamento deverão passar pelo mesmo crivo judicial que o casal passou, até que a postura de juízes seja normatizada.

Leia também:
- "Cheguei a chorar de emoção", diz primeiro gay casado do Brasil
- São Paulo tem primeiro casamento gay coletivo após decisão do STF

Noivo atrasado
Minutos antes do noivo chegar, Regina Moresi, 32, irmã de Luiz André, brincava com o fato do noivo estar atrasado. "Nossa família está bastante feliz, são anos de luta dos dois e um marco para todos. Eu, meu pai e meu irmão temos um orgulho enorme do meu irmão, assim como minha mãe também tinha", diz Regina. "Eles sonham com isso há anos".

Luiz e José formam o primeiro casal homossexual oficialmente casado do Brasil
Amana Salles/ Fotoarena
Luiz e José formam o primeiro casal homossexual oficialmente casado do Brasil

Os amigos se preparavam também para uma festa íntima, depois do ato. "Sou transexual assumida há 30 anos, desde a década de 80. Sou muito amiga do casal e eles estão muito felizes. É um orgulho essa vitória ser aqui em Jacareí", diz a artista da noite e maquiadora Marilda Guedes, 40 anos. "Acompanhei todas as mudanças do movimento gay e hoje é uma vitória".

Luiz André e José Sérgio estão dando o exemplo para amigos próximos. O casal homossexual Elisângela Anunciato, 39, Soraia Queiroz Nogueira, 32 pretende pedir a conversão de união estável para casamento em breve. Elas estão juntas há cinco anos. “Espero que todos os casais vivendo em família também façam o pedido para ter este reconhecimento perante a sociedade”, afirma Elisângela.

Veja mais:
- Apesar da chuva, Parada Gay de São Paulo reúne 4 milhões

- Marcha para Jesus vira ato contra união homoafetiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.