Confira as previsões de Monica Horta para todos os signos

Vênus, deusa do amor
Getty Images
Vênus, deusa do amor
Do ponto de vista da astrologia, 2010 vai ser mesmo um ano importante porque vai representar um desses momentos em que a realidade muda radicalmente e a história também toma outra direção.

Regido por Vênus, que representa a senhora do amor e da imaginação, 2010 vai ser um ano extraordinariamente criativo, mas vai ser também um ano de crises. Quatro gigantes do céu vão estar em desarmonia. A tensão entre Plutão, Saturno, Urano e Júpiter só tem paralelo com a que estava no céu em 1930, mas isso não significa que vamos viver outra Grande Depressão.

O que 2010 vai ter em comum com 1930 é a intensidade dos acontecimentos, tanto para o bem como para o mal. Pode ser uma nova (e diferente) manifestação da crise econômica ou uma descoberta científica tão importante como foi o domínio da energia nuclear. Pode vir uma catástrofe natural de grandes proporções ou uma “virada” radical na maneira como enfrentamos a degradação do meio ambiente.

Para os que cultivam a vida espiritual, o encontro entre Júpiter e Urano pode representar uma iluminação. Para os artistas, a descoberta de novas linguagens para expressar as inspirações que vão chegar do céu. Para os que estão envolvidos nos processos sociais, uma nova forma de fazer política.

A única coisa certa é que as mudanças que vêm aí vão nos obrigar a pensar diferente, descobrir outra maneira de estar no mundo. Para cada um dos signos do Zodíaco, essa luta de gigantes vai se manifestar em determinadas áreas da vida. Veja as previsões para cada signo:


Áries

Para os arianos, que desde 2008 estão questionando o lugar que ocupam na sociedade, a tensão do céu vai atingir todas as relações de parceria, com consequências diretas na vida profissional ou no status social. Com Júpiter e Urano entrando na primeira casa, eles vão ser invadidos por um espírito libertário. Como Saturno está na casa dos relacionamentos estáveis, os parceiros, tanto da vida pessoal como da vida profissional, vão levar a culpa de todos os desconfortos e de todas as insatisfações. No começo e no final do ano, o generoso Júpiter de Peixes vai ajudar a perceber que essa insatisfação só se resolve encontrando um espaço legítimo para a imaginação e se responsabilizando pela tarefa de desenvolver o seu potencial criativo. Tomara que esse espaço esteja conquistado até a metade do ano.

Touro

Para os taurinos, o conflito do céu vai colocar em lados opostos a ordem humana e a ordem divina. Apesar de serem beneficiados pela energia forte de Plutão em Capricórnio, eles vão enfrentar situações em que tudo parece fugir de qualquer tipo de controle e terão de reorganizar a vida de outro jeito. Difícil para quem gosta tanto de manter as coisas como estão. Os sete anos que Urano vai passar pelo signo de Áries serão importantes para todas as formas de exploração do inconsciente. O trabalho voluntário, principalmente o de cunho social, vai lhe fazer muito bem – principalmente porque distrai a atenção dos pequenos problemas do cotidiano, que estão sendo ampliados por Saturno. Se o cotidiano parecer insuportável, imagine como quer que ele seja no futuro e dê a partida no projeto que vai transformar esse sonho em realidade.

Gêmeos

Os geminianos vão começar o ano a mil por hora, com Júpiter criando oportunidades e exagerando as expectativas de sucesso profissional. Vão até gostar da exigência de perfeição teórica com que Saturno anda torturando os outros seres humanos. Afinal, eles também pertencem a um signo de ar e adoram construir modelos e fazer projetos. As coisas vão ficar mais complicadas no meio do ano, quando Urano e Júpiter entram juntos no signo de Áries. As perspectivas de futuro podem mudar radicalmente e exigir uma nova estratégia que vai bater de frente com a tática construída por Saturno. Com Saturno em Libra, a vida vai testar a sua capacidade de enfrentar desafios individuais. Não fuja da raia.

Câncer

Os sensíveis filhos da Lua também vão começar o ano muito felizes, sonhando com horizontes mais amplos, com novas formas de aprendizado ou até vivendo uma experiência marcante relacionada à fé. A conjunção entre Júpiter e Urano em Peixes pode soprar uma vontade irresistível de fugir para longe e se livrar dos problemas de relacionamento que nascerem e cresceram desde que Plutão entrou em Capricórnio. A crise coletiva do meio do ano vai bater exatamente no eixo que une o mundo interno, a relação com a família e a expectativa de felicidade com os desafios e oportunidades do mundo exterior que vão ser multiplicados pelo céu. A vida vai desafiar os cancerianos a abandonarem a proteção da casca do caranguejo e a experimentarem uma nova maneira de estar no mundo. De preferência, apoiados nos próprios pés.

Leão

Os leoninos vão enfrentar 2010 animados pela energia de Marte, que fica no seu signo até o dia 8 de junho. No momento em que Urano e Júpiter entrarem em Áries, Marte vai entrar no signo de Virgem e apontar para a importância da técnica em todos os processos criativos. No começo e no final do ano você vai receber uma ajuda importante, tanto do ponto de vista material como do ponto de vista espiritual. E essa ajuda que vai lhe impulsionar numa nova aventura que tanto pode ser uma viagem, uma nova forma de aprendizado ou uma nova forma de comunicação. A tensão fica por conta de Saturno que, colocado na casa da linguagem e dos relacionamentos próximos, pode fazer você se sentir incompreendido e tornar muito difícil suportar qualquer tipo de crítica.

Virgem

Para os organizados virginianos, que desde 2008 estão recebendo uma energia positiva de Plutão em um signo de terra, o desafio maior de 2010 vai ser o de ser capaz de aceitar ajuda e aprender a confiar no outro. Com Saturno entrando na casa onde nós avaliamos a nossa capacidade de responder aos desafios do mundo material, o medo da pobreza pode atrapalhar muito o seu desempenho profissional. A única coisa que pode aliviar esse medo é investir em todas as formas de aperfeiçoamento da sua competência. No começo e no fim do ano, Júpiter e Urano vão trazer novas e estimulantes possibilidades de parceria. O problema é que elas estão condicionadas à capacidade de aceitar a ordem do outro que, às vezes, pode parecer caótica ou incompreensível. Tente não entrar em pânico com as mudanças coletivas.

Libra

Para quem nasceu no signo de Libra, a chegada de Saturno corresponde ao fechamento de um ciclo que começou em 1980 e teve momentos importantes em 1988, 1996 e 2003. De alguma forma, perguntas que precisavam ser respondidas nessa época serão colocadas de novo, provavelmente todas relacionadas com a maneira como você lida com os outros. A diferença é que agora você está tendo de trabalhar com uma intensidade emocional extraordinária, consequência da presença de Plutão na casa dos sentimentos. Não estranhe se de repente você perceber que está se comportando como os passionais filhos de Escorpião. A coisa se complica, ou se resolve, quando Urano e Júpiter entrarem em Áries e a vida cismar em lhe oferecer relacionamentos diferentes de todos os que você já viveu até agora.

Escorpião

Os filhos de Escorpião não costumam ter medo de crises, ao contrário, se saem muito bem delas. Desta vez não vai ser diferente, mas eles vão ter que enfrentar, no sentido inverso, o mesmo desafio do pessoal de Touro: o confronto entre a ordem humana e a ordem divina. Há muito tempo que você sabe que precisa encontrar uma nova linguagem ou escolher um novo caminho. A crise do meio do ano vai mexer diretamente com o seu cotidiano e a vida vai mostrar e impor uma nova ordem. A saúde também vai precisar de atenção e você pode ser obrigado a fazer mudanças na rotina e na alimentação. As tarefas vão se multiplicar, mas você precisa reservar algum tempo para ficar sozinho e refletir sobre o que está acontecendo. Com Saturno entrando na casa doze, você vai perceber na prática que nós só podemos organizar ou controlar uma parte pequena da nossa vida.

Sagitário

Como filhos diletos de Júpiter, os sagitarianos vão receber com alegria as novidades que o encontro do seu regente com Urano está espalhando no mundo. Como são o oposto de Gêmeos, também vão precisar responder perguntas sobre o presente e o futuro. Desde que Plutão entrou em Capricórnio, os sagitarianos estão sendo obrigados a rever drasticamente a sua escala de valores. A preocupação com conquistas materiais e independência financeira complica a discussão sobre até onde é possível mexer nos projetos para o futuro em função da descoberta de novos talentos ou novos interesses. Esse vai ser o seu problema principal em 2011, mas vai se manifestar agudamente no meio de 2010.

Capricórnio

Para quem nasceu em Capricórnio, a vida social vai se transformar num peso e a ânsia de liberdade vai se dirigir para a vida pessoal e para a relação com a família. Desde o final de 2008, quando Plutão entrou no seu signo, os capricornianos estão se sentindo pressionados a dar o melhor de si. Agora, com Saturno no signo de Libra, essa exigência de ser o melhor em tudo pode ficar insuportável. Com Urano no fundo do céu, a gente se sente como a cigarra que, num determinado momento, percebe que não cabe mais na casca que ela mesma construiu. Como o que você vai sentir esse ano é só um trailer da questão fundamental de 20011, aproveite o dom de comunicação que está recebendo de Júpiter e Urano em Peixes. Se divirta com as pequenas viagens que a vida vai oferecer e converse muito. Não deixe que a tensão atinja um ponto insuportável.

Aquário

Para os aquarianos, o ano começa próspero, com Júpiter e Urano trazendo novas oportunidades e fazendo eles se sentirem muito competentes. Desfrute dessa generosidade do céu, mas preste atenção na inquietação que está sendo provocada por Plutão – que desde 2008 entrou na casa do inconsciente e de tudo o que acontece na vida fora do seu ângulo de visão. Com Plutão na casa 12, só uma boa terapia ou um mergulho muito profundo numa experiência espiritual pode aliviar a sensação desagradável de que alguém ou alguma coisa invisível está tramando contra você. Com a entrada de Urano no signo de Áries, você terá que se deslocar muito e cuidar de muitas coisas ao mesmo tempo. Cuidado para que isso não leve a um estresse.

Peixes

Para os piscianos, está chegando a hora de colher os frutos do processo libertário que Urano detonou em 2003. Desde o ano passado, Plutão está mostrando que é preciso mudar os planos de vida e talvez se integrar a algum projeto coletivo. Em janeiro, quando Júpiter entrar no seu signo, o céu vai oferecer a confiança que faltava para colocar a vida em movimento. No meio do ano, a crise coletiva pode lhe obrigar a tomar um rumo diferente, a fazer alguma coisa que nunca tinha pensado antes. O complicado é que, com Saturno na casa 8, você não vai poder contar com ajuda de um parceiro ou de qualquer recurso que não seja seu. Não lamente, aposte no seu talento. E trate de aproveitar bem o retorno de Júpiter e Urano ao seu signo. Com os dois juntos, você vai ser capaz de fazer mágicas maravilhosas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.