Nova obra de Elizabeth Gilbert, "Committed", é lançada hoje nos Estados Unidos e aborda o casamento e suas particularidades

Elizabeth Gilbert lança livro novo sobre o casamento
Getty Images
Elizabeth Gilbert lança livro novo sobre o casamento
Em 2009, a jornalista e escritora Elizabeth Gilbert, 40, conquistou leitores no Brasil com o lançamento do livro “Comer, Rezar, Amar” (editora Objetiva), em que conta as suas aventuras durante um ano de viagens em busca prazer e autoconhecimento – e também para se recuperar de um divórcio traumático.

A prova de que ela conseguiu atingir os seus objetivos está em seu novo livro “Committed: A Skeptic Makes Peace with Marriage”  (Comprometida: Uma Cética Faz as Pazes com o Casamento), lançado hoje nos Estados Unidos.

Com a chegada prevista no Brasil no segundo semestre de 2010, “Committed” fala do que aconteceu na vida de Elizabeth após ter conhecido a Itália, Índia e Indonésia e, de quebra, arranjando um novo amor.

Em suas andanças, Elizabeth conheceu Felipe, nome fictício dado ao brasileiro que acabou se tornando marido da autora. “Committed” conta como isso aconteceu, após ambos jurarem que nunca se casariam oficialmente.

O que revogou a decisão do casal foi, basicamente, o governo norte-americano. Ao retornarem aos Estados Unidos após uma viagem para a Europa, o namorado de Elizabeth foi detido pelos oficiais da imigração. Após horas de questionamentos, foi informado que a maneira mais fácil de viver no país novamente era oficializando o casamento com Elizabeth.

O comprometimento oficial não estava nos planos, já que ambos haviam passado por divórcios complicados. No entanto, com as vidas estabelecidas em terras norte-americanas, Elizabeth e Felipe viajaram novamente mundo afora durante dez meses, até que tudo pudesse ser resolvido para que ele pudesse entrar legalmente no país. Nesta nova saída, a ideia de “Committed” veio à tona.

De acordo com entrevista ao jornal The New York Times, a autora afirmou que nos dez meses de viagem na espera de poder oficializar seu casamento, ela tentou aprender “o máximo que poderia sobre este frustrante, contraditório e, em última análise, interessante hábito dos seres humanos”.

Capa do livro
Reprodução
Capa do livro "Committed", de Elizabeth Gilbert
Foi no ano de 2007 que tudo se resolveu e eles – mesmo contrariando o ideal dos dois – finalmente puderam se casar. Elizabeth, acompanhada de estudos históricos e sociológicos, explorou a simultaneidade de sentimentos vividos por ela e realizou seu livro por meio de entrevistas com familiares e amigos sobre o assunto. Após ter sido praticamente sentenciada ao casamento, a autora examinou questões que envolvem tudo ao redor do matrimônio, desde compatibilidade e fidelidade, até expectativas sociais e tradições familiares.

Mesmo com milhões de leitores à espera do novo sucesso, Elizabeth afirmou que “Committed” não é uma sequência de “Comer, Rezar, Amar”, embora tenha a mesma dupla de personagens principais. “É um cenário e um pano de fundo emocional muito diferente. O segundo livro possui uma contemplação mais acadêmica e uma visão bem característica da minha família sobre o casamento”, declarou ao The New York Times.

Também com promessas de sucesso internacional, “Comer, Rezar, Amar” está previsto para estrear em agosto nas telonas dos Estados Unidos, com a atriz Julia Roberts como protagonista. Com roteiro e direção de Ryan Murphy (de “Correndo com Tesouras”), o longa tem Javier Bardem (de “Vicky Christina Barcelona”) no papel do brasileiro Felipe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.