Durante a infância, Marsha Elle sofreu bullying por causa da prótese e, hoje, tem o objetivo de ajudar outras pessoas a aceitarem seus corpos como são

A cantora e compositora Marsha Elle está ganhando visibilidade nas redes sociais por um talento que vai além da música: inspirar outras pessoas. A jovem se tornou um exemplo dentro do movimento " body positive " depois que uma foto em que aparece exibindo a prótese que usa na perna viralizou no Instagram. 

Leia também: Jovem exibe estrias e celulite para mostrar que 'corpos perfeitos' não existem

Marsha Elle precisou amputar a perna logo ao nascer e, durante a infância, teve dificuldades em aceitar a prótese
Reprodução/Instagram/marshaellemusic
Marsha Elle precisou amputar a perna logo ao nascer e, durante a infância, teve dificuldades em aceitar a prótese

Marsha nasceu com uma condição rara chamada "deficiência femoral proximal focal", que afeta a pelvis e causa má desenvolvimento na perna. Por causa disso, ela precisou passar por uma cirurgia de amputação quando ainda era um bebê e começou a usar a prótese na infância. "Quando criança eu era muito insegura", afirma em entrevista ao "Metro UK". "Eu usava roupas largas para cobrir minha perna e evitar que as pessoas fizessem comentários maldosos e ficassem me encarando."

A cantora conta que, na época, muitos colegas de classe costumavam praticar bullying por causa da forma como ela andava. "Isso me machucava demais. Eu tentava muito 'andar direito', mas não conseguia. É parte da minha deformação."

Aos 16 anos de idade, porém, ela foi a um acampamento criado especialmente para pessoas que tiveram que amputar algum membro — e isso mudou completamente a forma com que ela enxergava a si mesma. "O acampamento me ajudou nesse processo de autoaceitação", diz. "Conheci outras pessoas como eu e foi incrível, porque não me senti sozinha. Desde então, eu prometi que iria aceitar o meu corpo como ele é e ajudar os outros a fazer o mesmo."

Leia também: Cinco famosas que aceitam suas cicatrizes e não têm medo de mostrá-las

Inspiração nas redes sociais


Nesse processo para amar a si mesma e ao próprio corpo, Marsha começou a ir à praia e usar roupas que mostrassem as pernas — inclusive, compartilhado fotos desses momentos nas redes sociais. O fato de não se esconder é a forma que ela encontrou para encorajar outras pessoas também e isso foi ainda mais valorizado quando a atriz Jada Pinkett-Smith compartilhou uma foto da cantora com a legenda "Beleza". 

"[Isso foi] muito humilde — eu amo a Jada. A família dela é tão transparente e aberta, eles são muito gentis em compartilhar as próprias experiências para ajudar outras pessoas. É isso que eu quero fazer com essas fotos", comenta. A foto publicada por Jada teve mais de 129 mil curtidas e, desde então, Marsha conseguiu atingir a marca de 19 mil seguidores. 

Leia também: "Ponto é mostrar que a beleza é diversa", diz modelo ao recriar capa da 'Vogue'

"Eu não poderia esperar que meus fãs amassem minha música e minha marca se eu não pudesse me amar — seria muita hipocrisia. Como uma mulher adulta, eu aprendi a aceitar minha amputação. É isso que me torna corajosa: superar meus medos de mostrar minha prótese para o mundo", finaliza. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.