Rachel Spencer não era magrinha quando frequentava a escola e passou a sofrer com comentários preconceituosos de colegas por conta de seu peso

Uma jovem americana de 26 anos compartilhou um relato inspirador para mulheres que, mesmo após anos de luta, não conseguem se sentir livres para usar um biquini na piscina por conta de seu corpo. Com 26 anos, Rachel Spencer divulgou um antes e depois seu, não após ter passado por um processo de emagrecimento, mas, sim, de amor próprio.

Leia também: Crise política pode desencadear quadros de transtorno de ansiedade

A Rachel de 13 anos acreditava que seu corpo não era merecedor de estar em fotografias para ser lembrado no futuro
Instagram/mylifecoachrachel/Reprodução
A Rachel de 13 anos acreditava que seu corpo não era merecedor de estar em fotografias para ser lembrado no futuro

A jovem de Nova York colocou lado a lado uma foto sua antiga, com 13 anos, e uma atual. A maior diferença entre as duas imagens está na posição dos braços de Rachel: com 13 anos, ela tentava esconder seu corpo , bem diferente de hoje em dia. Ela revela que sofreu bullying por conta de seu peso e que isso prejudicou sua autoestima. Confira:

“Eu estive sentada aqui, pensando em uma boa legenda, mas essa foto só me deixa triste quando olho para ela. Então por que não te faço uma pergunta? Quem ensinou essa menina da esquerda a esconder a barriga antes de tirar fotos de biquini? Quem ensinou que, aos 13 anos, o corpo mais gordinho não era bom o suficiente para uma fotografia? Definitivamente não foram seus pais ou família, então quem foi?

Leia também: Manequins aparecem amamentando em shopping e projeto faz sucesso

Bem, você sabia que esta garotinha inocente sofreu bullying por conta de seu peso? Não pelas meninas, elas eram legais. Mas os meninos… eles eram malvados. A partir de então, ela nunca mais quis ir para piscina, via os meninos como uma ameaça e chorava para os professores. As coisas passaram a melhorar no ensino médio, mas, então, chegou a mídia.

‘Toc. Toc’. Cultura das dietas, fitness, cremes contra celulite. Celulite!? Eu tinha 13 anos e estava preocupada com celulite? Porque a mídia disse que era algo ruim. Que ela – a menina – era ruim e precisava mudar. Se você ainda não entendeu, essa menina sou eu. Existe uma grande diferença entre esta fechada e tímida menina da esquerda e a livre, feliz e aberta mulher da direita. E esta diferença é amor próprio.

Eu ensinei isso para mim mesma. Eu precisava. Precisa encontrar uma forma de ser feliz . O processo não foi rápido. Eu ainda estou trabalhando nisso aos 26 anos. Mas eu tenho uma mensagem para todas as mulheres que são mais velhas e ainda se sentem envergonhadas em mostrar suas barrigas na piscina: não se sintam.

Leia também: Masturbação infantil: meu filho está se tocando, e agora?

Ponha aquele biquini e sorria. Não deixe a opinião dos outros estragarem memórias preciosas com sua família a amigos. Mostre para suas filhas como é exibir suas ‘falhas’ na piscina. Sem vergonha. Suas imperfeições contam uma história. Seu corpo é lindo. Você é linda.”

Repercussão

Rachel já usava seu Instagram como forma de inspirar outras mulheres. A jovem, inclusive, já havia publicado outras fotos suas para relatar as mudanças externas e internas em seu corpo. Entretanto, a foto do antes e depois alcançou mais de 4 mil likes em menos de dez dias. Hoje, ela é seguida por mais de 10,3 mil usuários da rede social.

    Leia tudo sobre: Amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.