Dupla viaja 35 países nos cinco continentes para clicar mais de 50 mulheres: “O quarto é muito mais do que onde elas dormem”

“Conseguir entrar nos quartos das meninas era uma obsessão adolescente dos membros do coletivo fotográfico Riverboom, formado só por homens. Agora crescidos, eles decidiram transformar seu sonho em realidade”. Assim começa a descrição do projeto “Mirrors and Windows” ("Espelhos e Janelas"), de autoria dos fotógrafos italianos Gabriele Galimberti e Edoardo Delille, que retratou mulheres de mais de 35 países em seus quartos.


As modelos, com idade entre 18 e 30 anos, foram encontradas via Facebook ou abordadas em mercados e bares locais. Os fotógrafos dizem ter descoberto que os quartos das mulheres eram muito mais que simplesmente o local onde dormiam: eram também os lugares onde elas amavam, sonhavam, trabalhavam e brincavam.

Gabriele conta que o projeto começou como uma encomenda da revista Marie Claire do Reino Unido. Depois, ele e Edoardo continuaram por conta própria. “Cada quarto, cada história foi diferente”, diz. “E cada um refletia a personalidade da mulher que morava ali”.

“Da Argentina ao Zimbábue, de uma mulher coberta em Dubai a uma (...) travesti em Beirute, no Líbano, fomos guiados por uma viagem a lugares onde normalmente não poderíamos entrar”, escreve a dupla no site do coletivo. “Estes quartos são os espelhos da história, personalidade, cultura, obsessões e status sociais das garotas que os ocupam, mas também são janelas únicas por onde se vê o mundo destas mulheres”. Você também pode olhar por esta janela na galeria de fotos acima -- e ver todas as fotos do projeto no site do Riverboom (em inglês) .


>>> Assine a newsletter do Delas , curta nossa página no Facebook e siga o @Delas noTwitter <<<


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.