Amor, trabalho e saúde: a astróloga Monica Horta conta em detalhes como será o ano para os virginianos

As dúvidas podem ser desagradáveis, mas, neste ano, estão atuando a favor de todos os virginianos

Os virginianos continuam às voltas com a presença de Netuno em Peixes, o signo oposto ao do seu sol natal. Continuam e ainda vão continuar por muito tempo, porque Netuno vai ficar por lá até 2025. Ou seja, eles ainda têm doze anos para aceitar a ideia de que, além da ordem humana, da parte da vida que nos é dada organizar, existe outra ordem que às vezes é difícil de entender, mas que rege todo o equilíbrio do universo.

Como, igual a no ano passado, Mercúrio (que é o regente de Virgem) está começando o ano astrológico ao lado de Netuno, pode ser que apareça alguém capaz de traduzir, não necessariamente em palavras, as imagens que estão sendo sopradas pelo senhor dos sonhos e do inconsciente coletivo. Pode ser um pisciano, uma criança, um terapeuta, um artista ou, simplesmente, alguém bondoso e inspirado.

O deus do mar pode se metamorfosear de muitas maneiras. Quem sabe um gato? Cabe aos virginianos descobrirem através de quem ele está falando. Talvez vejam alguma coisa quando conseguirem parar de prestar atenção.


Amor
Mais uma vez, os virginianos começam um ano com Plutão na casa dos romances, dos filhos, e dos desafios pessoais, e com Mercúrio e Netuno na casa dos relacionamentos estáveis. Examinar o que aconteceu ou deixou de acontecer no ano passado pode ser uma boa maneira de começar esse ano. Como? Nenhum grande amor? Nenhum filho, nenhuma obra de arte? Nenhuma mísera poesia? Pode ser que as oportunidades deles existirem tenham passado perto e nem foram percebidas. Pode ser que tenham acontecido, mas ainda guardam muitas promessas a serem realizadas.

De qualquer forma, as coisas vão ficar diferentes a partir do segundo semestre. Quando Júpiter entrar em Leão, iluminando a área onde estão guardados os seus conteúdos inconscientes e fazendo uma ponte com Urano na área de onde vêm os pressentimentos, uma ponta do véu que encobre os motivos porque as coisas acontecem (ou não) pode ser levantada. Pode ser que atrás dele se esconda o grande amor. Ou lá pode estar a maneira de fazer um amor que já existe ser melhor e durar muito tempo.

Trabalho
Os virginianos vão começar o ano astrológico loucos de vontade de se por em movimento e dar a partida em novos projetos. Tudo por causa de Marte, que esse ano está exatamente na casa onde eles avaliam a realidade e os recursos que têm para lidar com ela. Ou ainda, como dizem os americanos, “a casa do dinheiro ganho com o próprio esforço”. Na verdade, a casa dos valores, que cada um põe onde acha melhor.

É verdade que Marte está se comportando como um planeta lento, porque está aparentemente caminhando para trás no céu. O resultado é que vai estimular esta área por muito mais tempo do que se estivesse em movimento direto.

A oposição com Urano, que está na casa “dos valores dos outros”, pode trazer uma proposta capaz de mudar o rumo da vida profissional, mas não está isenta de riscos. Por isso, precisa ser examinada com cuidado. Marte vai ficar em Libra até o final de julho, quando entra no signo de Escorpião e na casa três, que está ligada à comunicação, aos pequenos deslocamentos e ao comércio. De lá vai se harmonizar com Netuno e Mercúrio, que estão na casa das parcerias.

É possível que, a partir daí, as coisas se encaminhem de uma maneira completamente diferente do que o esperado, mas nem por isso ruim. A melhor maneira de lidar com isso é não tomar decisões precipitadas. As dúvidas podem ser desagradáveis, mas, neste ano, estão atuando a favor de todos os virginianos.

Saúde
Os virginianos começam o ano com Vênus na casa da saúde, em harmonia com Urano, que é o reagente de Aquário, o signo que rege esta parte do mapa. Em princípio, este seria um bom sinal, não fosse a tensão com Saturno, que está em Escorpião. Com Vênus e Marte em signos de ar e Mercúrio em conjunção com Netuno no signo de Peixes, é preciso ter cuidado com as alergias, principalmente na área respiratória.

A condição delicada de Marte também pode ser motivo de uma baixa no sistema imunológico, o que aumenta a possibilidade de se contaminar. É melhor fugir das situações que facilitem o contágio, principalmente dos ajuntamentos de pessoas quando está acontecendo alguma epidemia.

Mais uma vez, por causa da oposição entre Marte e Urano, os exercícios devem ser feitos de forma moderada e sob a orientação de um profissional competente.

>>>Veja as previsões da astrologia para o ano de 2014

VEJA MAIS PREVISÕES:

Tarô dos famosos: Silvio Santos pode enfrentar mais uma crise e Adriane Galisteu ficará grávida novamente

Numerologia para 2014: confira a leitura para os aniversariantes de cada mês

100 Simpatias: escolha a ideal para o novo ano

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.