Previsões da astrologia para 2014: Escorpião

Por Monica Horta - astróloga do Delas |

Texto

Amor, trabalho e saúde: a astróloga Monica Horta conta em detalhes como será o ano para os escorpianos

Com Saturno na casa de todos os começos, fica difícil fazer movimentos e aparece a necessidade de esperar pelo tempo do outro

Os nativos de Escorpião vão começar o ano astrológico atrapalhados pela presença de Marte, em movimento retrógrado, na casa onde estão as coisas que a gente não vê, mas interferem na vida da gente. Do ponto de vista psicológico, o inconsciente; do ponto de vista religioso, a providência divina. Nos dois casos, a sensação é de que estão sendo arrastados pela vida e perderam a autonomia diante do destino.

Como se isso não bastasse, Saturno continua confortavelmente instalado neste signo, como no ano passado. Com Saturno na casa de todos os começos, fica difícil fazer movimentos e aparece a necessidade de esperar pelo tempo do outro, ou pelo próprio destino. Mas o grande triângulo dos signos de água facilita o processo de definição de identidade.

A quadratura em T que vai estar desenhada no céu no dia do solstício ocupa a casa da rotina do dia a dia e o eixo da comunicação e do conhecimento. Isso torna difícil encontrar tempo e espaço para viagens ou para novos aprendizados. Difícil, mas necessário.

No final de julho, Marte entra em Escorpião e as coisas voltam a caminhar no ritmo normal. O perigo aí está em tentar fazer em um dia tudo o que se deixou de fazer em meio ano.


Amor
Por causa da tensão entre Saturno na primeira casa e Vênus (regente da casa dos relacionamentos estáveis) no lugar onde estão os nossos primeiros registros do que é a felicidade, os filhos de Escorpião começam o ano mais desconfiados do que já são normalmente, com um medo enorme de serem rejeitados. Menos mal que o grande triângulo dos signos de água, formado por Júpiter, Saturno e Netuno, sopra um romantismo cheio de confiança que os faz acreditar que o amor acontece quando tem que acontecer e não depende necessariamente de algum movimento de conquista.

O eclipse da Lua que acontece em abril vai começar a desmanchar este medo, graças a uma linda Vênus no signo de Peixes. Mas Marte continua na casa do inconsciente. Já o eclipse solar que acontece neste mesmo mês vai ter o Sol e a Lua em Touro na casa dos relacionamentos estáveis do povo de Escorpião. Marte agora aparece na casa dos amigos. Pode ser através de um deles que o medo vai ficar menor e vai deixar os escorpianos perceberem que existem pessoas capazes de inspirar o desejo de uma relação duradoura.

No final de outubro, um eclipse parcial do Sol acontece junto com Vênus no primeiro grau de Escorpião e acaba de vez com os medos e as dúvidas que atrapalharam o começo do ano. Com o Sol, a Lua e Vênus em trígono com Netuno, este vai ser uma momento perfeito para o nascimento de um grande amor.

Trabalho
Se do ponto de vista afetivo o problema maior vai ser a oposição entre Marte e Urano, a harmonia entre Júpiter e Saturno vai garantir um crescimento contínuo na vida profissional dos nativos de Escorpião. Como Júpiter está na casa nove, as oportunidades tanto podem vir do estrangeiro ou de firmas que tenham sua sede fora do Brasil, como através de algum curso de aperfeiçoamento. Este vai ser um bom momento para começar um mestrado ou doutorado, mesmo com um certo medo de não ser aprovado. Apesar desses bons aspectos, o primeiro semestre ainda vai ser mais propício a observar do que atuar.

No segundo semestre, com Júpiter no meio do céu e Marte entrando em Escorpião, a hora é de fazer movimentos. Como o foco da quadratura em T, que está no céu desde o começo do ano, é Urano na casa da rotina, os movimentos podem trazer mudanças inesperadas que vão mudar radicalmente a qualidade do dia a dia.

As coisas podem não acontecer como o esperado, mas podem até ficar melhor do que as circunstâncias indicavam no começo do ano. O mundo está mudando rápido e as circunstâncias vão mudar junto com ele.

Saúde
A mesma casa seis que está ligada à rotina e aos métodos de trabalho também está ligada à saúde e é lá que Urano entrou em 2008. Isso significa que, assim como no ano passado, o céu pode provocar mudanças radicais nesta área. Como Marte, que é o regente desta casa, começa o ano em Libra e na casa doze, pode ser necessária alguma intervenção que exija internamento ou então apenas seja preciso um tempo maior de repouso para se recuperar do estresse.

Se você ainda não fez isso, está mais do que na hora de adotar um estilo de vida mais saudável. Mas atenção! Tudo isso tem que ser feito com cuidado e com assistência médica. Com Saturno na primeira casa, a vitalidade diminui e todos os limites precisam ser respeitados. Mas no final de julho, com Marte entrando em Escorpião, a energia sobe de nível e todos os processos de cura vão ser facilitados.

>>>Veja as previsões da astrologia para o ano de 2014

VEJA MAIS PREVISÕES:

Tarô dos famosos: Silvio Santos pode enfrentar mais uma crise e Adriane Galisteu ficará grávida novamente

Numerologia para 2014: confira a leitura para os aniversariantes de cada mês

100 Simpatias: escolha a ideal para o novo ano

Leia tudo sobre: horóscopoprevisãoano2014signoescorpiãoastrologiaMonica Horta
Texto

notícias relacionadas