A astróloga Monica Horta conta em detalhes como será o mês para os leoninos

Aproveite a loquacidade de Júpiter em Gêmeos para dizer o que está sentindo, mas escolha com cuidado quem vai ouvir suas confidências

Para os filhos do Sol, o final do ano é sempre tempo de brilhar. E no começo do mês, com o Sol em trígono para Urano e em oposição a Júpiter, o risco de exagerar no brilho é muito grande. Divirta-se e enfeite-se muito, mas tome cuidado para não ficar parecendo uma árvore de Natal.

Com o Sol na casa dos romances e do prazer e Júpiter na dos grupos sociais e dos projetos de longo prazo, dezembro começa muito movimentado e os convites e desafios não vão parar de chegar. Aproveite todos, mas lembre-se que com cinco planetas distribuídos em signos de água seu mundo interno e emocional está em polvorosa e você pode se ferir profundamente sem que os outros percebam.

Aproveite a loquacidade de Júpiter em Gêmeos para dizer o que está sentindo, mas escolha com cuidado quem vai ouvir suas confidências.

Na metade do mês, com a Lua Nova, Mercúrio e Vênus no mesmo signo que o Sol, o desafio do céu é aproveitar integralmente o seu potencial criativo, que vai estar mais forte do que nunca. Não tenha medo de aproveitar o impulso da Lua Nova para se lançar num novo projeto que tem tudo para dar muito certo. Mas lembre de respeitar os seus limites, tanto físicos como emocionais.

O maior risco deste período está em se envolver com mais tarefas do que você tem condição de suportar e acabar sofrendo um estresse pela falta de tempo e de cuidado com seu mundo interior.

A conjunção entre Marte e Plutão na casa da saúde e das tarefas cotidianas pode fazer você gastar energia demais e colocar uma força e uma exigência excessiva no mundo do trabalho. Também cuide da convivência com quem você trabalha. Não tente impor as suas opiniões e métodos a qualquer custo.

No dia 21, o Sol entra no signo de Capricórnio e vai chamar a sua atenção para a qualidade do seu cotidiano.

As coisas mudam um pouco de figura no dia 26, quando Marte entrar em Aquário e provavelmente trazer uma nova e estimulante parceria. Como Marte vai estar em harmonia com Júpiter, que está na casa dos projetos de longo prazo, esse novo parceiro pode abrir as portas para caminhos até então desconhecidos. Mas você pode reagir com força a essas novidades.

No dia 28, a Lua Cheia vai fazer você refletir até onde vale a pena organizar a vida do jeito que a gente quer se, a qualquer momento, o destino – ou o acaso, se preferir assim – pode mudar a realidade e fazer com que você veja o mundo com outros olhos.

Como Urano está envolvido com Marte e com essa Lua Cheia, você pode ter vontade de largar tudo o que está fazendo e sair para “correr o mundo em busca de aventuras”, como diziam os contos de fada.

- O tempo de sagitário: a configuração do céu em dezembro na coluna de Monica Horta

- Veja as previsões de dezembro para todos os signos


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.