A astróloga Monica Horta conta em detalhes como será o mês para os cancerianos

Para os cancerianos, o final do mês vai ser todo dominado pelas relações a dois

Os naturalmente conservadores cancerianos vão começar o mês de dezembro com a cabeça fervilhando de ideias criativas e o coração ansiando por mudanças radicais. O grande triângulo dos signos de água , que vai estar no céu no começo do mês, estimula a imaginação e cria um clima romântico em que os cancerianos se sentem perfeitamente à vontade.

As exigências dos relacionamentos a dois, tanto pessoais como profissionais, continuam muito pesadas e podem gerar uma sensação de medo e insegurança que se aproxima do pânico.

Já o trígono do Sol com Urano e a oposição com Júpiter podem provocar uma enxurrada de novas tarefas e uma dificuldade muito grande de estabelecer limites justos e civilizados no trabalho cotidiano.

Esta configuração também gera a ansiedade que os cancerianos podem tentar acalmar simplesmente comendo demais. Tome cuidado. O risco de engordar é grande e pode ficar ainda maior com a entrada de Mercúrio e de Vênus em Sagitário.

A Lua Nova do dia 13 pode ser o sinal da necessidade de modificar rotinas, hábitos ou métodos de trabalho e pode trazer a decisão de melhorar significativamente a maneira de viver.

Como Júpiter está do outro lado do céu, é difícil garantir que essa promessa seja cumprida. Ele está avisando que existem muitos impulsos inconscientes atuando nessa área.

Mas a partir do dia 21, com o Sol entrando no signo de Capricórnio, pode aparecer alguém para ajudar ou exigir essa vida mais saudável. Pode ser tanto um namorado exigente como um bom treinador pessoal

Aliás, o final do mês vai ser todo dominado pelas relações a dois. Primeiro com a entrada de Marte no signo de Aquário, que aumenta muito a sensualidade e que, por causa da boa relação com Urano no meio do céu, pode trazer uma proposta inesperada capaz de mudar o rumo da sua vida profissional. Pode aguardar com esperança, mas lembre de que o movimento não vai partir de você.

No dia 28, a Lua Cheia vai acontecer no eixo dos relacionamentos. Isso vai mostrar que não faz sentido se comportar como uma criança e as necessidades dos outros precisam ser levadas tão a sério como as nossas.

Saturno em Escorpião faz uma ponte entre o Sol e a Lua e lembra que não se pode atribuir sempre ao outro o sucesso ou o fracasso de um relacionamento. As responsabilidades e os privilégios precisam ser divididos igualmente.

- O tempo de sagitário: a configuração do céu em dezembro na coluna de Monica Horta

- Veja as previsões de dezembro para todos os signos


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.