A astróloga Monica Horta conta em detalhes como será o mês para os escorpianos

Ocupados em festejar o aniversário e comemorar o fim do “inferno astral”, os que nasceram no tempo de Escorpião podem ainda não ter percebido a intensidade e a profundidade das mudanças promovidas pela oposição entre Vênus em Libra e Urano em Áries.

O clima vai ficar muito mais leve na última semana do mês, quando os filhos de Escorpião poderão voltar a acreditar que as transformações estão totalmente sob controle

Presenteados, desde o nascimento, com a consciência de que as transformações são não só importantes como necessárias, eles gostam de acreditar que as mudanças são geradas pelos seus desejos e podem ocorrer sob o seu controle. Mas o furacão que está mudando a sua escala de valores e exigindo uma transformação radical no estilo de vida está vindo de áreas da mente que não podem ser acessadas apenas por um ato de vontade.

Vênus vai passar quase todo o mês na casa 12. Do ponto de vista da moderna astrologia psicológica, esta casa está ligada ao inconsciente. E, do ponto de vista da astrologia tradicional, fala do destino que cada um veio cumprir aqui nesse planeta. Para quem tem acesso a ela, a psicanálise pode oferecer uma ajuda preciosa na medida em que permite organizar, através de uma linguagem, a enorme quantidade de conteúdos inconscientes que Urano está virando de ponta cabeça.

Quem não puder ou não quiser contar com essa ajuda vai precisar ao menos de momentos de recolhimento e meditação, e do ouvido atento ou o ombro amigo de uma pessoa de confiança. Mas é preciso não esquecer que, entre os dias 6 e 26, Mercúrio vai estar aparentemente caminhando para trás e vai dificultar não só a comunicação, como também os negócios ou as pequenas viagens. Nada muito trágico. Apenas um monte de pequenos atrasos e mal entendidos.

No dia 13, a Lua Nova na primeira casa pode ajudar a aceitar de forma mais amorosa a estranheza a seu próprio respeito que está muito forte desde que Saturno entrou nesse signo.

Nessa altura, a imaginação sem fronteiras de Netuno na casa da criatividade pode ajudar a perceber o componente de doçura e compreensão que está sendo integrado à sua maneira de se relacionar com as pessoas e com o mundo.

A partir do dia 17, a entrada de Marte em Capricórnio, onde já está Plutão, eleva a um nível de crise a inundação de imagens e desejos inconscientes que está atuando desde o início do mês. Quem ainda não pediu ajuda vai perceber como está precisando dela.

O clima vai ficar muito mais leve na última semana do mês. Com o Sol em Sagitário em harmonia com Urano, Mercúrio em movimento direto e Vênus entrando em Escorpião, as exigências e os dons do mundo material vão ser iluminados por uma nova luz e os filhos de Escorpião vão poder voltar a acreditar que todas as transformações estão sendo provocadas por eles e estão totalmente sob controle. Isso pode até não ser verdade, mas vai fazer a vida parecer muito mais fácil de ser vivida.


> Leia tudo sobre o Tempo de Escorpião na coluna de Monica Horta

> Veja as previsões de novembro para todos os signos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.