Devotos veem a santa como uma mãe que atende todas as causas. Veja rituais para engravidar, conseguir emprego e ter paz no casamento

“Ela é a mãe que protege os seus filhos a qualquer custo”. É dessa maneira que a sensitiva Márcia Fernandes define Nossa Senhora Aparecida. A frase representa bem a maneira que os devotos veem a Padroeira do Brasil. Segundo especialistas, eles se enxergam mesmo como filhos da santa, recorrendo a ela sempre que precisam alcançar uma graça. E boa parte destes pedidos é feito de um jeito bem brasileiro, com a realização de simpatias.

Márcia Fernandes observa uma réplica do Santuário de Nossa Senhora Aparecida e imagem da santa: amor e humildade
Celio Coscia/Fotoarena
Márcia Fernandes observa uma réplica do Santuário de Nossa Senhora Aparecida e imagem da santa: amor e humildade

Márcia esclarece que as simpatias são rituais em que os devotos entregam, simbolicamente, seus problemas para Nossa Senhora Aparecida. “É um ato de amor e humildade. Mas tudo só deve ser feito quando a pessoa realmente tem fé e acredita na santa”, alerta.

- Saiba mais sobre a festa de Nossa Senhora Aparecida 

A pedido do Delas , Márcia indicou cinco simpatias que podem ser feitas para Nossa Senhora a fim de alcançar uma graça, arrumar emprego, conseguir engravidar, ter paz familiar e saúde. Veja os rituais no final do texto.

A Basílica de Nossa Senhora Aparecida, na cidade de Aparecida, interior de São Paulo
AE
A Basílica de Nossa Senhora Aparecida, na cidade de Aparecida, interior de São Paulo

“Menos para o futebol”

A série documental “Marias”, uma produção da Primo Filmes exibida pelo canal GNT, investigou a relação maternal dos devotos com as diferentes representações que a Mãe de Jesus tem pela América Latina, como a Virgem de Guadalupe no México e a própria Nossa Senhora Aparecida no Brasil, entre outras.

“Maria é a mãe que intermedia por cada um e pede por eles ao filho, Jesus, porque, segundo uma entrevistada da série, ‘um filho nunca nega nada a uma mãe’”, conta Joana Mariani, diretora de “Marias”. “Enquanto a figura do Deus masculino pode ser opressora, Maria é a que perdoa, que coloca todos os seus filhos no colo e, como toda mãe, os aceita como são”, prossegue.

Joana diz que a santa não tem uma “especialidade” única, como é o caso das divindades que atendem apelos relacionados ao parto ou às enfermidades, por exemplo. “Ela é muito associada à proteção, mas os pedidos podem ser os mais diversos”, observa. “Uma entrevistada em nossa última viagem, na Argentina, me disse ‘eu peço a Maria para tudo, tudo. Menos para o futebol’”, conta.

Autora do livro “Nossa Senhora Aparecida” (Publifolha), que conta a história da santa, a jornalista e escritora Carolina Chagas diz que a santa brasileira repete esse padrão de não ter uma causa específica. “Os devotos acreditam que ela pode atender a qualquer pedido que eles façam, não importa quais eles sejam”, aponta.

“Mas curiosamente, os devotos não ficam bravos quando o pedido não é atendido. Nesses casos, eles acreditam que foi melhor para vida deles. Que existe uma razão além do entendimento deles”, analisa.

História de Nossa Senhora

Para Carolina, a enorme devoção à santa no Brasil se deve muito ao fato de ela representar a diversidade étnica nacional. “Ela é uma santa negra, mulata. Isso se identifica com a miscigenação brasileira, que combina negros, índios e brancos”, pontua a escritora. “Aliás, a época em que ela surgiu, em 1717, foi justamente o período que essa mistura começou a acontecer no Brasil de maneira mais acentuada”, continua.

O surgimento de Nossa Senhora Aparecida tem características cinematográficas. No ano citado por Carolina, um grupo de pescadores resgatou a imagem numa rede de pesca no rio Paraíba do Sul, na cidade paulista de Guaratinguetá.

“Foram os pescadores Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves que resgataram o corpo da imagem de Nossa Senhora das águas”, descreve Márcia. “Eles subiram o rio e lançaram as redes para a captura de peixes, mas sem muito sucesso. Passado um tempo, recolheram o corpo da imagem da santa. Na segunda tentativa, eles encontraram a cabeça da imagem, e partir daí, os peixes apareceram em abundância ao redor do barco deles. Foi um verdadeiro milagre”, finaliza.

Simpatias para Nossa Senhora Aparecida

Velas: simpatia para engravidar
Getty Images
Velas: simpatia para engravidar

1. Ritual para engravidar

Ingredientes: 1 vela do arcanjo da futura mãe, 1 vela do arcanjo do futuro pai, 1 vela do santo de devoção da futura mãe, 1 vela do santo de devoção do futuro pai, 1 vela de Nossa Senhora Aparecida, 1 vela de Nossa Senhora da Conceição, mel, copo de água.

Como fazer: una as velas simbolizando o casal, unte-as com mel e acenda-as. Coloque um copo de água do lado direito das velas. Troque-o todos os dias, orando um Pai Nosso. Os dois, de mãos dadas, deverão fazer dezesseis vezes A Hora da Misericórdia (**). Ore dezesseis missas para as avós e bisavós maternas e paternas desencarnadas. O casal não deve comer ovo de espécie alguma nesse período. Acenda todos os sábados uma vela para Nossa Senhora Aparecida.

Fazer em um domingo.

(**) Como fazer a Hora da Misericórdia: uma vez por semana, às 3h da manhã (horário do Sol), que é a hora da oração com Deus, fique de joelhos, levante as mãos e diga, sem pensar em ninguém, “Dou a Misericórdia para quem me magoou. Peço a misericórdia de quem eu magoei”. Faça por 16 vezes, não necessariamente consecutivas.

2. Banho pró-saúde

Ingredientes: 2 litros de água, 7 cravos brancos, 7 rosas brancas, 7 anis estrelados, 7 cravos da índia

Como fazer: ferva tudo por três minutos. Coe. Em seguida, jogue do pescoço para baixo. Não enxágue. Durma com o banho no corpo.

Fazer em uma segunda-feira.

3. Ritual para emprego

Ingredientes: 1 pirex, 1 cebola roxa com casca, 1 caneta azul, 1 folha de sulfite, 1 fita branca, óleo de cozinha.

Como fazer:  pegue a cebola e abra-a ao meio. Escreva seu nome completo em um pedaço de papel junto com os seguintes dizeres: “QUERO MEU EMPREGO URGENTE NO ASTRAL”. Coloque esse papel no meio da cebola. Amarre a cebola com a fita branca (dê três nós). Coloque-a na vasilha de vidro. Cubra-a com óleo de cozinha. Deixe a vasilha à mostra e olhe para ela todos os dias mentalizando seu emprego. Assim que conseguir, jogue tudo em água corrente.

Fazer no primeiro dia de Lua Nova.

Rosa branca: paz na família
Getty Images
Rosa branca: paz na família

4. Ritual para a paz familiar

Ingredientes:  vela comum ou vela de sete dias, 1 copo com água,1 rosa branca.

Como fazer: consagre e acenda o número de velas de acordo com as pessoas da sua família. Se forem muitos os membros familiares, acenda apenas uma vela de sete dias. No entorno, coloque um copo com água e uma rosa branca. Faça uma oração para Nossa Senhora às quartas-feiras e peça união, harmonia para sua família e muita paz para seu casamento. Este ritual é muito eficaz para trazer a paz, tolerância e o perdão.

5. Para iluminar os caminhos

Ingredientes: 1 vela de Nossa Senhora Aparecida, 1 mamão papaia, 5 moedas de 25 centavos, 1 copo com mel

Como fazer: acenda a Vela Nossa Senhora Aparecida em sua casa. Coloque um copo de água do lado direito dela. Troque-o todos os dias, orando um “Pai Nosso”. Leve o mamão papaia para um jardim florido e corte-o ao meio. Na metade esquerda do mamão, coloque as 5 moedas de 25 centavos e regue-o com mel. Ore 5 vezes a “Ave Maria” e peça: “Nossa Senhora Aparecida me dê amor, saúde e dinheiro”. Para que você tenha sincronicidade com seu Santo de Devoção, acenda uma vela em sua homenagem pelo menos uma vez ao mês.

Fazer uma vez ao ano, em um sábado.

Leia também
100 Simpatias: escolha de acordo com seu objetivo e veja como fazer

Religião é importante para crianças?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.