Marion Finlayson chegou a desfilar durante adolescência, mas desistiu para ser professora

BBC

Marion Finlayson chegou a desfilar durante adolescência, mas desistiu para ser professora
BBC
Marion Finlayson chegou a desfilar durante adolescência, mas desistiu para ser professora

Marion Finlayson, uma professora aposentada de Aberdeen, na Escócia, chegou a trabalhar como modelo entre o final da década de 40 e o início a década de 50.

Nesta semana, ela retomou a atividade participando de um desfile organizado na cidade no 50 Plus Festival, um evento de voltado para a participação de idosos.

"Adorei. Não fazia isto desde que era estudante, no final da década de 40. Por sorte, eu não fico mais nervosa, então, apenas fui até lá e me diverti muito."


Leia também:

Jovens viúvas contam como lidaram com a perda

A terceira idade que não descuida da beleza

Os cuiadados com a pele o cabelo na terceira idade

Fotos BBC
BBC
Fotos BBC

"Trabalhar como modelo era algo diferente e eu, definitivamente, faria de novo. Se alguém pedir vou tentar. É melhor do que passar roupas", disse Marion.

Período difícil

Depois que desistiu da carreira de modelo, Marion começou a lecionar para crianças e se casou com Bruce Finlayson, com quem teve dois filhos. Marion também tem dois netos.

A modelo afirmou que a época da morte do marido foi um período difícil.

'Não fazia isto desde que era estudante, no final da década de 40. Por sorte, eu não fico mais nervosa'
BBC
'Não fazia isto desde que era estudante, no final da década de 40. Por sorte, eu não fico mais nervosa'

"Meu marido, Bruce, morreu há um ano e meio atrás, depois de 54 anos de casamento, um casamento muito bom. Tive muita dificuldade de superar isto", disse.

"Mas desfilar realmente ajudou. Encontrei muitas pessoas novas, mais jovens, o que acho bom. Até meu personal trainer musculoso, usando um tartan, me acompanhou na passarela", acrescentou.

Veja também : Os benefícios das massagens para a terceira idade

A britânica afirma que, para continuar com suas atividades, mantém uma rotina de exercícios físicos.

"Gosto de ser ativa. Faço ioga, pilates, exercícios aeróbicos toda semana. Meus netos também dão trabalho, estão sempre correndo por aí", contou.

Leia mais no especial "História Delas"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.