Urano, o regente de Aquário, está começando um novo ciclo e influenciando o Sol, mostrando com isso que é preciso encontrar novos critérios para escolher possíveis parceiros

Para os aquarianos, o tempo de Leão é o tempo das parcerias. Um tempo de encontrar e estabelecer relações estáveis. É nesta hora que os regidos por Aquário percebem que as escolhas desta ordem revelam muito sobre quem eles realmente são.

Agora Leão colore a casa sete, aquela em que recebemos informações sobre nós mesmos por meio do olhar, das palavras e das atitudes de um parceiro. Não estamos falando de relações eventuais, de romances sem compromisso, mas sim dos envolvimentos contratuais e que envolvem expectativas dos dois lados –  com um cônjuge, com um sócio ou com um terapeuta. Quando o Sol ilumina esta casa, a gente percebe o que as qualidades e os defeitos dos nossos parceiros dizem de nós mesmos.

Neste ano, a atenção dos aquarianos está muito mais voltada para os romances do que para os compromissos. Júpiter e Vênus na casa cinco, a dos romances e da brincadeira, estão trazendo e ainda vão trazer muita gente interessante. Eles estão em harmonia com Saturno e Marte que, na casa das grandes viagens, sopram a ideia de que a vida é uma grande aventura e que existem muitos lugares no mundo para se conhecer quando se é livre, leve e solto.

Além disso, Urano, o regente de Aquário, está começando um novo ciclo e influenciando o Sol, mostrando com isso que é preciso encontrar novos critérios para escolher possíveis parceiros permanentes.

Vai ser mais difícil o que já vem sendo difícil desde 2008, quando Plutão entrou em Capricórnio. Com o senhor da intensidade e das transformações irreversíveis passeando pela casa do inconsciente, recordações muito antigas estão vindo à tona e precisam ser analisadas e organizadas.

Pelo jeitão do céu deste ano, parece que a melhor parceria a ser estabelecida pelos aquarianos é com um ótimo terapeuta. Talvez ele seja o único interlocutor capaz de arrumar um pouco a confusão em relação à vida profissional que se instalou quando Netuno entrou no signo de Peixes.

Com Peixes regendo a casa em que registramos as impressões que nos chegam por meio dos cinco sentidos (e com Netuno também passando por lá), pode ser que os aquarianos percebam a própria idealização da realidade e até onde não querem e não podem abrir mão dessa maneira romântica de ver o mundo.

Mais do que os nativos dos outros signos, os aquarianos sabem que um novo mundo é possível – e de certa forma já vivem nele antes que os outros ao menos desconfiem de sua existência.

                             LEIA PREVISÕES PARA TODOS OS SIGNOS EM AGOSTO:

Áries | Touro | Gêmeos | Câncer
Leão | Virgem | Libra | Escorpião
Sagitário | Capricórnio | Aquário | Peixes




> Leia na coluna da Monica Horta: Como é o Tempo de Leão


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.