Corte do craque do Santos virou mania também na hora de tosar os amigos peludos

Sobra criatividade quando o assunto é pet. A última moda na hora de tosar os amigos de quatro patas é o corte moicano do craque santista Neymar . Tem muito cãozinho por aí desfilando com os pelinhos da cabeça espetados, imitando o jogador. Aliás, o tema tosa rende muito para a imaginação dos esteticistas de animais, que se superam com cortes exóticos e divertidos.

Conheça o Guia de Bichos do iGDelas

Com tesoura e máquina em mãos, os tosadores fazem desenhos, criam novos padrões, inventam penteados e aquecem ainda mais o mercado pet. Com o crescimento desse segmento, apareceram escolas com cursos profissionalizantes de banho e tosa, que preparam quem quer entrar no ramo e oferecem especialização aos que já atua na área.

ConfiraPets fofos que são sucesso na internet

Basicamente, as tosas podem ser feitas na tesoura ou na máquina. E entre os tipos mais pedidos estão as tosas da raça e os cortes baby, que deixam o animal com cara de filhote. Raças como schnauzer, scottish terrier e west highland terrier são geralmente tosados à máquina para caracterizar a raça.

Segundo o esteticista animal Flávio Fernandes, é superimportante que as tosas sigam as características do animal. Os pompons do poodle, por exemplo, não são meros enfeites. Originalmente um cão de caça, o poodle precisa do pompom nas patas para proteger as articulações quando ele entra em águas geladas atrás de uma presa. As bolinhas de pelo na altura dos rins e no peito também visam resguardar o bichinho do gelo. Já o pompom do rabo funciona como um sinalizador e serve para os caçadores não perderem seus cães de vista.

Teste: Quanto o seu pet afeta a sua vida? 

A barba e a sobrancelha do schnauzer, outro cão caçador, também fazem parte do padrão da raça. A barba projetada para frente mantém o focinho protegido do ataque das presas. E as sobrancelhas volumosas são uma tática de defesa: elas impedem que, ao entrar numa toca, os olhos não sejam atingidos por um suposto ataque de terra do inimigo.

Adaptações

Como muitos desses cães são hoje animais de companhia, as tosas foram se adaptando ao dia a dia e necessidades dos donos. Flávio diz que a tosa baby é a preferida nos pets, pois mantém o pelo mais curto e redondinho e conserva o aspecto de filhote. “O corte bebê é uma facilidade para quem não tem muito tempo de cuidar e escovar o pelo do animal regularmente”, explicou o expert em tosas, que já produziu cães para comerciais de TV com as tops Gisele Bündchen , Isabeli Fontana e Carol Ribeiro e também cuida da beleza do fofíssimo mascote do portal iG.

Fique esperto: Check-up deve fazer parte da rotina de cuidados com os pets

O esteticista defende que em pet shop tudo é permitido. E dentro dessa liberdade a tendência asiática ganha força justamente porque não se prende a padrões. “Essa tendência permite mudar totalmente a característica do animal de acordo com a personalidade do dono e sair do convencional. Fica um visual único”, disse.

Mesmo com tanta abertura para criar e inovar, existem falhas imperdoáveis na tosa animal. Tirar a sobrancelha e a barba do schnauzer é considerado um erro mortal. Por mais criativo e exótico que seja, é preciso respeitar a simetria do animal e manter pelo menos minimamente as características da raça.

Moda nos petshopHidratação marroquina e tranças para pets são tendências do verão

Bianca Mesquita, esteticista animal, explica que o corte na tesoura permite inúmeras variações, mas exige um nível maior de habilidade. “Podemos desenhar todo o corpo do animalzinho mesmo num corte tradicional de um west highland terrier, em que normalmente se faz a marcação na máquina. Um bom profissional consegue um acabamento mais bonito com a tesoura, deixando o corte mais homogêneo”, disse.

Gato também tosa

Os felinos também passam pelas mãos dos tosadores, mas sem tantas variações de corte. Muitos tosadores defendem até que gato não deve ser tosado. Mas quem não tem tempo para cuidar, especialmente raças como persa ou outras de pelagem longa ou semi-longa, que necessitam de escovação, a dica é manter um corte baixo, de preferência na tesoura.

Uma das tosas mais comuns nos gatos é a tipo leão. Como o próprio nome diz, a pelagem da cauda e da cabeça fica mais longa que o resto do corpo, perfeita para os bichanos da raça persa. No mais, a tosa higiência é recomendada nas partes íntimas e cabeça, bigode e rabo jamais podem ser tosados. O rabo funciona como ponto de equilíbrio e cortar os pelos dessa região pode desestabilizar o animal.

Veja ainda: Produtos VIP para pets

A corretora de seguros Vera Graziano gosta de seu gato Mingau com os pelos curtos. Pelo menos três vezes por ano ela leva o bichano da raça persa para ser tosado na tesoura. “Fica mais bonitinho cortado na tesoura, sem contar que ele fica triste com o pelo muito curto”, contou. A tosa também ajuda a não criar nós e facilita a escovação.

A yorkshire terrier Maggie é cliente fiel do banho e tosa. Uma vez por semana ela vai ao pet shop e todo mês faz a tosa íntima. A jornalista Daniele Baldassi gosta de manter a sua mascotinha com os pelos longos, que é a característica da raça. Para completar o visual, Maggie está sempre de lacinhos e no inverno desfila com roupinhas pra lá de charmosas.

____________________________________________________________________________

Agradecimentos: Lionel Falcon -  www.lionelfalcon.com /Flávio Fernades - www.eeacursos.com.br / Pet das Meninas -  www.petdasmeninas.com.br/

Continue lendo:
Pets "viram gente" para dono conseguir expressar sentimentos
Cachorros frequentam restaurantes com aval de donos e clientes
De ração caseira a biscoitos, faça um banquete para seu cachorro

>>> Assine a  Newsletter , curta nossa página no  Facebook  e siga o @Delas no  Twitter  <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.