Mês será ótimo para os que gostam do novo e não têm medo da própria imaginação, mas difícil para quem não quer que as coisas mudem e sonha com um mundo conhecido

Tempo de touro: Netuno, que está em Peixes, nos diz que a bondade tem mais valor do que a esperteza
Arte iG
Tempo de touro: Netuno, que está em Peixes, nos diz que a bondade tem mais valor do que a esperteza

Com todos os pés de flor de maio explodindo em cores, o mês que tem o privilégio de exibir uma das luzes mais bonitas do ano começa sob o signo do exagero .

O tranquilo Sol de Touro aparece acompanhado por Marte e, os dois juntos em harmonia com Plutão, nos mostram a necessidade e nos oferecem a coragem de fazer mudanças profundas na nossa realidade. No fundo, apenas tentam nos alinhar com as grandes mudanças que estão acontecendo em todo planeta,

Acontece que, quando tentamos trazer para o pessoal às consequências das mudanças globais, precisamos fazer análises objetivas da realidade atual e determinar com clareza onde queremos chegar. Nessa hora entram em cena dois planetas poderosos que estão em signos de fogo: Júpiter em quadratura com Marte e com o Sol e Urano em quadratura com Plutão.

Com essa dupla configuração, as mudanças externas parecem acontecer cada vez mais rápido, criando cenários novos e surpreendentes, enquanto caímos na armadilha de superestimar expectativas, desejos e as nossas próprias capacidades.

Como se estivesse nos ajudando a não errar demais, a oposição entre Saturno e Marte funciona como um freio de mão puxado que nos obriga a duvidar e a questionar as ideias aparentemente brilhantes e criativas que são geradas pelos planetas em signos de fogo.

Na primeira semana do mês, é melhor não forçar a barra e dormir várias noites em cima de qualquer ideia que possa trazer transformações irreversíveis .

Vai ser difícil resistir aos impulsos românticos da poderosa Lua cheia que acontece nos dia 4 e que ilumina o eixo que liga os signos de Touro e Escorpião. O momento em que o portal entre o mundo manifestado e o mundo não manifestado está aberto.

Não que essa Lua deva ser desperdiçada. Uma Lua cheia é sempre um presente do céu. Aproveite a beleza do imaginário gerado pelos signos de água e se permita sonhar os sonhos mais lindos ou expressar os sentimentos mais intensos. Só não vale misturar sonho com realidade ou amor com negócios.

A partir do dia 8, se arma claramente no céu uma confusão que vai marcar os próximos dois meses: o choque entre Netuno em Peixes e Mercúrio em Gêmeos .

Os dois planetas estão nos signos que eles mesmos regem e por isso estão muito fortes. Mercúrio está mais ágil e falante do que nunca, enquanto Netuno inunda o mundo com toneladas de inspiração, nos oferecendo a possibilidade de ver o que não aparece à primeira vista e ouvir sons que vem direto do inconsciente coletivo. Mercúrio pergunta: o que a gente faz com eles? Netuno responde: coisas bonitas... isso é pouco?    

Já deve ter dado para perceber que se deslocar rápido ou falar muito no momento em que se está praticamente sonhando acordado pode levar a escolhas erradas e mal entendidos muito complicados.

Como nessa mesma época, Vênus, que entrou em Câncer no dia 7, estabelece uma relação super positiva com Netuno, nossa imaginação pessoal vai ser diretamente alimentada por conteúdos harmoniosos vindos diretamente do imaginário coletivo.  Mais mil pontos para o romantismo e para todas as formas de arte.   

Mas Mercúrio não vai ficar sozinho, nem perder essa parada sem resistência. Logo no dia 11, recebe o reforço de Marte e, no dia 21, o do próprio Sol , que entra no signo de Gêmeos. 

A partir daí, a disputa entre a razão e a sensibilidade vai ficar cada vez mais forte.

O lado geminiano, que está relacionado com a objetividade e o pensamento lógico, vai ser um pouco prejudicado no dia 18, porque o senhor do signo, Mercúrio, vai começar aparentemente a caminhar para trás.  Vai permanecer nesta condição até o dia 11 de junho. Não vai causar nenhuma tragédia, mas complicar o cotidiano com uma coleção de pequenos atrasos, papéis desaparecidos e palavras mal colocadas. 

A principal vítima, ou protagonista, desta desarmonia pode ser a memória que adora se perder no território onírico e nebuloso de Netuno.

As coisas ainda se complicam mais porque o planeta que estabelece uma escala de valores que define o que deve ser lembrado ou não vai bater de frente com Plutão e com Urano.

Veja também: Previsões diárias de cada signo

Por causa de Plutão, pode fazer renascer sentimentos muito antigos, que pareciam mortos, mas que de repente ressurgem com a força de um furacão. Por causa de Urano, pode trazer sensações novas e atrações  surpreendentes por pessoas ou ideias que nunca chamaram a nossa atenção.

O mês termina com o Sol, Marte e Mercúrio em quadratura com Netuno e em oposição a Saturno, enquanto Júpiter e Urano se encarregam de manter vivo o fogo da criatividade humana.

É esse fogo que vai mostrar a melhor maneira de lidar com estímulos tão poderosos e contraditórios.

Vai ser um mês bom?  Depende. Pode ser ótimo para quem gosta do novo e não tem medo da própria imaginação. Pode ser difícil para quem não quer que as coisas mudem e sonha com um mundo conhecido, como uma casa em móveis nunca trocam de lugar e pode ser percorrida de uma ponta a outra com os olhos fechados. 

Voltando para o começo. Aproveite as novas oportunidades que a vida vai oferecer, mas tente pegar leve e não exagerar nas expectativas.

>> Leia mais previsões na coluna "Um Olhar Astrológico" <<

>>> Curta a página do Delas no Facebook  e siga o @Delas noTwitter  <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.