É tempo de decidir entre caminhos que apontam para o futuro ou trilhas muito conhecidas. O primeiro embate acontece logo no início do mês

Durante a primeira semana de agosto, será necessário ajustar o excesso de expectativas
Arte iG
Durante a primeira semana de agosto, será necessário ajustar o excesso de expectativas

A palavra-chave para passar bem pelo mês de agosto é “ajuste”. O mês começa cintilante, com o Sol poderoso no seu próprio signo, acompanhado por Júpiter, o mais benéfico de todos os planetas, que também está muito bem colocado no signo de Leão. Esse encontro, que conta com a participação de Mercúrio, distribui uma enorme dose de confiança que tanto pode levar a grandes conquistas como a aventuras desastrosas.

Os problemas que podem surgir são consequências de uma desarmonia entre Saturno, o deus do tempo, da razão e da cautela, e Urano, o deus libertário, que abre as portas para tudo o que é novo e que está presente em todos os processos revolucionários.

Esses dois planetas estão posicionados de tal forma que cada vez que outro planeta se harmoniza com um deles se desarmoniza com o outro.

Durante todo o mês, vamos ser chamados a decidir se apostamos em caminhos que apontam para o futuro ou se preferimos trilhas muito conhecidas que já foram testadas por experiências anteriores e que nos remetem ao passado.

O primeiro embate entre o velho e o novo acontece logo no começo do mês e atinge Vênus, a senhora do amor e da imaginação. Do já naturalmente nostálgico signo de Câncer ela faz uma parceria com Saturno e rejeita a modernidade de Urano. Tudo isso enquanto sustenta a oposição com Plutão que, já há algum tempo, põe uma lente de aumento em todos os problemas que podem complicar uma relação, tanto pessoal como profissional.

>> Veja também: Previsões diárias de cada signo

Durante a primeira semana do mês, será necessário ajustar o excesso de expectativas que está sendo gerado pelos planetas em Leão com o clima impaciente e defendido da Vênus em Câncer.

Não dá nem para dizer que é preciso conversar muito porque Mercúrio, o senhor das comunicações, está em conjunção com Júpiter e em quadratura com Marte. Com essa configuração, a coisa mais fácil do mundo é subir o tom de voz e recobrir com agressividade o que deveria ser apenas um questionamento normal.

Mas a desarmonia não aparece somente na relação entre Urano e Saturno. O Sol e Plutão também estão em signos profundamente incompatíveis.

As disputas de poder, inevitáveis durante um período eleitoral, serão coloridas pelo enfrentamento entre o espírito egoísta e vaidoso do signo de Leão e a seriedade que exige competência do signo de Capricórnio. No meio disso ainda se infiltra a tensão entre Mercúrio e Netuno, que costuma gerar discursos atrapalhados, promessas irresponsáveis e gafes de todos os tipos.

No dia 7, as coisas melhoram bastante graças à coragem inspirada de Marte em Escorpião em harmonia com Netuno em Peixes. Uma mistura perfeita entre força e delicadeza. Um tempo cheio de dúvidas que só podem ser superadas por quem souber agir com o coração.

Mais adiante, no dia 12, os amores e todos os tipos de relacionamento mudam de qualidade. Aquela tímida e atrapalhada Vênus de Câncer foge da tensão entre Saturno e Urano para cair no meio de outra confusão. Ela ganha o brilho e a audácia do signo de Leão, mas fará companhia para Mercúrio e o Sol, que continuam se desentendendo com Plutão. A deusa do amor vai dar um toque de glamour às disputas de poder.

Leia ainda:
Previsões para todos os signos em 2014
A planta certa para cada signo

No dia 15, pelo menos os discursos ficarão mais compreensíveis. Mercúrio entra em um dos signos que ele mesmo rege, Virgem, e gera uma crítica precisa e afiada a todas as propostas excessivamente idealizadas que vêm de Netuno no signo de Peixes.

Dia 17, Vênus se encontra com Júpiter e patrocina um dia cheio de alegria e de entusiasmo. Um dia em que a sorte estará solta no ar. Vale a pena aproveitar essa belíssima configuração astrológica para organizar uma festa, dar a partida em novos projetos ou conhecer gente nova. Os relacionamentos e projetos que começarem neste dia têm tudo para darem muito certo. Vale até a pena arriscar uma aposta na loteria. Como o céu existe para todo mundo, nada garante que alguém ganhará um grande prêmio, mas pelo menos todos vão se divertir muito com a brincadeira.

Como as imaginações estarão muito ativadas, o dia também é ótimo para todas as atividades criativas.

No dia 23, a qualidade do céu muda radicalmente. O Sol entra no signo de Virgem e faz cair todas as fichas que estavam nos afastando da realidade.

Começa aí um tempo muito mais produtivo, mas nem por isso mais tranquilo. A crítica e a necessidade de controle virginianos baterão de frente com o espírito caótico e a falta de limites de Netuno em Peixes e de Júpiter em Leão. Mais uma vez será necessário fazer ajustes entre o espírito prático e a necessidade de sonhar e ultrapassar as barreiras de uma realidade áspera e limitadora.

Nessa mesma época, Saturno se encontra com Marte no signo de Escorpião e passa a funcionar como um freio de mão puxado para todas as atitudes impulsivas ou muito audaciosas. Sem nenhuma razão aparente, surgirá uma necessidade de pensar antes de agir que, se não for bem equilibrada, pode se transformar numa força paralisante.

A última semana do mês será colorida por dois aspectos poderosos e interessantes. O trígono entre Vênus e Urano estimula todos os imaginários e pode trazer amores intensos e inesperados. E a oposição entre o Sol e Netuno fecha o mês nos obrigando a perceber a distância que separa o mundo em que vivemos do mundo com que sonhamos e que poderia existir.

Esse pode ser um bom momento para descobrir uma maneira concreta de encurtar esta distância. A possibilidade real de nos engajarmos em um projeto coletivo pode ser a luz no fim que nos leva para uma vida mais significativa.

Quem não estiver disposto a mudar alguma coisa na sua maneira de estar no mundo pode terminar o mês amargando um mau humor desagradável e um profundo sentimento de desilusão.

>> Leia mais previsões na coluna "Um Olhar Astrológico"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.