iG Delas

Colunistas

enhanced by Google
 

Mirna Zambrana

Construa e reforme com planejamento

Mirna Zambrana é formada em arquitetura e urbanismo pelo Mackenzie. Sócia de Aurélio Martinez Flores, tem vasta experiência em projetos residenciais e comerciais

Pensando a soleira da porta

Geralmente esquecidas na hora de projetar o piso e a porta a soleira precisa ser pensada com cuidado para não estragar o visual

12/01/2012 06:57

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-
Compartilhar:

A soleira da porta é um elemento que geralmente só é lembrado ou descoberta sua existência e importância na hora de sua colocação. Para facilitar a compreensão de onde se localiza essa peça, podemos dizer que é a parte inferior do vão da porta. De fato, a soleira está associada à porta, mas sua relação de continuidade ou interrupção se dá com o piso.

Foto: Thinkstock Ampliar

A escolha do material da soleira dependerá de aspectos como desenho do piso e uso da área

Antes mesmo de pensarmos em que material usaremos na soleira, deve-se analisar os seguintes aspectos: como ela ficará com a porta aberta e fechada; se há desnível – degrau – entre os ambientes; qual o material do piso dos ambientes que a porta divide; qual o desenho do piso; qual o status da localização – se social ou de serviço; qual será o uso dessa área, para que a resistência do material escolhido esteja de acordo.

Na década de 60, era comum, nos pisos de tacos de madeira ou cerâmicas com formatos pequenos, dispô-los em direção perpendicular ao piso dos ambientes e paralelos entre si, enfileirados, fazendo assim a divisão dos espaços sem misturar muito os materiais.

Hoje, a preferência é por peças únicas. Porém, principalmente no caso dos pisos cerâmicos e porcelanatos, não existe no mercado uma peça pronta do mesmo material utilizado no piso para essa finalidade. Isso é até justificável pela dificuldade de padronização dos tamanhos de soleiras, muito embora exista padronização dos batentes das portas, nem sempre as paredes têm as mesmas dimensões destas. Estes são os problemas da realidade das construções. Será que o mercado conseguiria alguma nova alternativa?

Por exemplo: como resolver a soleira entre um banheiro e um dormitório, sendo que o primeiro tem piso de madeira e o segundo, mármore? A folha da porta do banheiro estará faceando o lado interno. Neste caso, quando a porta estiver fechada, pelo lado do quarto você verá toda a soleira encontrando o piso de madeira. Visualmente seria interessante a soleira ser de madeira, mas quando for feita a lavagem do banheiro, esta estragará com o passar do tempo. Neste caso, aponto duas alternativas:

1- Colocar uma soleira em peça única de mármore – o mesmo do piso. Assim, quando a porta estiver fechada, do lado do quarto veremos o mármore encontrando a madeira e quando estiver aberta veremos ambos os materiais.

2- Colocar uma peça estreita da espessura da porta, que chamamos de “baguete”, para o lado do banheiro, e no restante do espaço da soleira uma peça de madeira. Assim, quando a porta estiver fechada veremos do lado do quarto a madeira, dando continuidade ao piso do quarto, e protegeremos a madeira das lavagens do banheiro com a peça de mármore. Com a porta aberta, veremos, da mesma forma que situação anterior, os dois materiais.

Notem que para facilitar a solução optei por piso de mármore no banheiro. Pelo custo, não é a opção da maioria.

Se o exemplo incluísse cerâmica ou porcelanato, que não tem soleira pronta, após a compra do piso – porque como falei no início do texto, ninguém se preocupa com a soleira –, teríamos que sair a procura de uma pedra, mármore, granito ou similar, que melhor componha com o piso. E pode ter certeza que a tarefa será árdua, se o piso não for branco ou preto.

Há quem sugira que nesses casos a soleira deva ser do material das bancadas, se forem de mármore, granito ou outra pedra. Só temos que tomar cuidado com soluções automáticas, e tentar visualizar como resultará essa combinação.

 


Acompanhe as novidades do iG Casa também pelo Twitter

 

 

Sobre o articulista

Mirna Zambrana - jbianchi@ig.com - Mirna Zambrana é formada em arquitetura e urbanismo pelo Mackenzie. Sócia de Aurélio Martinez Flores, tem vasta experiência em projetos residenciais e comerciais

» Mais textos deste articulista

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo