iG Delas

Colunistas

enhanced by Google
 

Mirna Zambrana

Construa e reforme com planejamento

Mirna Zambrana é formada em arquitetura e urbanismo pelo Mackenzie. Sócia de Aurélio Martinez Flores, tem vasta experiência em projetos residenciais e comerciais

Escolha a janela certa

Conheça os tipos de janela existentes e saiba qual combina com a sua casa

10/11/2011 07:55

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-
Compartilhar:

Escolher as janelas de uma casa não é uma tarefa simples, deve-se levar em consideração diversos aspectos. Em primeiríssimo lugar está a eficiência desta em relação ao seu uso e ao local que ficará instalada.

Por exemplo, em uma sala pequena, escolher um modelo que ao abrir, gira as folhas para dentro pode prejudicar a circulação e a ocupação do espaço com o mobiliário. Para adequar a janela ao local de uso, descrevo abaixo algumas tipologias de aberturas:

Janela de correr – A folha é pendurada por roldanas que correm em um trilho. A mais comum é composta por duas folhas, sendo que uma delas corre na frente da outra, que pode ser fixa ou móvel. Quando feita com projeto especial, pode correr na frente da parede liberando todo o vão para entrada de ar e luz.

Foto: Divulgação

No quarto do casal janelas amplas, de correr

O que existe em linha para pronta entrega são janelas que liberam apenas a metade do vão para entrada de ar e luz. Se a opção for por esses modelos restritores, calcule o dobro do tamanho da abertura, porque depois da janela instalada esse vão será reduzido em 50%.

Se a janela for instalada em um dormitório além das folhas de vidro, serão necessárias duas folhas de correr – ou uma, no caso de correr na frente da alvenaria. Ou ainda é possível casar o modelo de duas folhas de correr de vidro com uma veneziana de enrolar. Essa peça, quando recolhida, forma um rolo que se acomoda acima das folhas de vidro. Para abrir – desenrolar – o comando é feito por uma fita na lateral. Esta opção é bastante eficiente no controle de ar e luz. Suas palhetas articuladas – peças que em conjunto formam uma veneziana -, quando projetadas para fora, protegem da chuva, mantendo a passagem da luz.

Quando a opção é a de correr, sugiro acrescentar uma folha com tela para evitar a entrada de insetos.

Foto: Getty Images Ampliar

Usada a partir da década de 1920, a janela-guilhotina, geralmente, é de madeira

Janela-guilhotina – bastante usada a partir da década de 1920, consiste em duas folhas que se movimentam na vertical, correndo por encaixes laterais. Geralmente são de madeira. Quando usadas em dormitórios, a combinação mais frequente é com duas folhas-venezianas que abrem girando para o lado externo.

Veja mais:
Casa no tamanho certo
Abrir ou não a cozinha
TV na parede sem riscos

Uma releitura interessante usada em meados da década de 40 é utilizar contrapeso para movimentar tanto as folhas de vidro como as venezianas, que abrem para o lado externo da alvenaria, como no conhecido edifício Louveira, em São Paulo, projetado pelos arquitetos Vila Nova Artigas e Carlos Cascaldi. 

Janela sanfonada – Considero esse modelo uma derivação da janela de “abrir”, embora sua ferragem seja diferente, podendo ou não ter as dobradiças nas laterais.

Esse modelo ajuda a reduzir o tamanho da folha que terá de ser encostada na alvenaria. Não é possível ter tanto as folhas de vidro como as venezianas com esse sistema.

Janela de “abrir” – Gira em torno de dobradiças fixadas nas laterais. Esse modelo requer espaço, tanto interno como externo, para que as folhas não esbarrem em móveis ao abrir, e se acomodem nas alvenarias laterais.

Foto: Getty Images Ampliar

As janelas de abrir necessitam de espaço, tanto interno como externo, para que as folhas não esbarrem em móveis ao abrir

Janela oscilo-batente – Pouco conhecida da maioria é uma evolução da janela de “abrir”, pois sua folha tanto faz esse movimento como tomba ligeiramente para dentro do cômodo permitindo uma passagem discreta de ar pela parte superior.

Esse movimento duplo é permitido pela ferragem especial, misto de dobradiça com alavanca. A mudança do movimento se dá pela alavanca – maçaneta – que também tem a função de trancar.

Janela maximar ou projetante – Muito usada em áreas comerciais, cozinhas ou banheiros. A maximar desliza pelas laterais projetando-se totalmente para fora. Permite deslocamento do ar com eficiência. Tem o inconveniente de quando usada em casas térreas obstruir a passagem pelo lado externo.


Veja mais notícias no Twitter do IG Delas e curta a página do portal no Facebook

Sobre o articulista

Mirna Zambrana - jbianchi@ig.com - Mirna Zambrana é formada em arquitetura e urbanismo pelo Mackenzie. Sócia de Aurélio Martinez Flores, tem vasta experiência em projetos residenciais e comerciais

» Mais textos deste articulista

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo