A operação que retira a sobra de pele dos pequenos lábios vaginais pode levar a uma mudança na auto-imagem e auto-estima da mulher

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=ModeloiG%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237491690886&_c_=MiGComponente_C

Regimes, tratamentos, maquiagens... vale tudo quando o assunto é sentir-se desejada e poderosa. Mas e quando o problema envolve mais do que a questão estética? "Algumas mulheres que sofrem muito com a sobra de pele dos pequenos lábios da vagina nem sabem que existe solução", conta o cirurgião plástico André Gonçalves de Freitas Colaneri.

A ninfoplastia, como é chamada a cirurgia, tem processo rápido e seguro para a paciente. "Por serem liberadas no mesmo dia, muitas vezes as mulheres mais tímidas nem comentam com os familiares que passarão pela operação", conta Gonçalves. Sim, o caráter estético conta muito, mas em casos mais graves, é possível sentir dores na região ao andar de bicicleta ou colocar uma roupa justas, por exemplo.

Além de possíveis incômodos, muitas mulheres sentem vergonha durante o ato sexual. Esse é o caso de Regiane Cunha, de 34 anos. "Eu sofria cada vez que precisava ficar nua. Demorei muito para optar por fazer a cirurgia, graças a um tabu meu mesmo", conta. Hoje, um ano após ter passado pelo processo, ela se diz feliz e realizada: "Se eu soubesse teria feito antes".

Como é feita

O método operatório dura aproximadamente quatro horas com anestesia local e sedação leve. Durante o pós-operatório a paciente precisa fazer compressas geladas no local e só pode fazer esforço físico após três semanas. As relações sexuais devem ser evitadas por pelo menos um mês. "A região tem ótima cicatrização sem que haja riscos de queloides", explica Gonçalves.

Além da mudança física, Gonçalves garante que a paciente operada também sofre alterações psicológicas. "É como ter uma orelha de abano e fazer a cirurgia para consertá-la. É como não ter seios e colocar silicone. A paciente inconscientemente fica mais segura e com a auto-estima elevada", garante ele.

Quem decidir entregar-se ao bisturi precisa estar ligada em alguns detalhes. A escolha do médico é fundamental. Procure um bom cirurgião e faça todos os exames necessários para que a operação não ofereça nenhum risco. Com esses cuidados devidamente tomados, a satisfação e o bom resultado são garantidos.

Leia mais sobre: ninfoplastia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.