Arquitetas listam os prós e contras de ter uma piscina em casa

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508154273&_c_=MiGComponente_C

Diversos fatores podem influenciar o morador a escolher ter ou não uma piscina. No entanto, muita gente acaba se arrependendo algum tempo depois de construir uma. Ou porque ela acaba abandonada, ou porque dá muito gasto. Para evitar esse arrependimento, vale fazer uma reflexão, levando em conta fatores como manutenção, gastos, uso e benefício proporcionado. Coloque tudo no papel e ver se realmente vale a pena ter uma piscina.

Para a arquiteta Sophia Galvão, ter uma piscina em casa, seja na área externa ou interna, é um excelente artifício para otimizar a confraternização e interação das pessoas. Também é um ótimo pretexto para reunir amigos, se refrescar e amenizar o calor não apenas dos dias de verão, mas em qualquer época do ano, podendo ser aquecidas para os dias mais frios, diz.

Dependendo do morador, a piscina pode assumir diferentes funções. Para os adultos, pode ser uma forma de lazer ou exercício, já para o adolescente, pode se tornar um ótimo lugar para reunir os amigos, enquanto para uma criança será diversão garantida. Piscina é boa pra ser usada em momentos de lazer, ainda mais para quem tem filhos, lembra a arquiteta Claudia Santos.

Fatores que interferem na decisão

Um item que deve ser levado em conta na decisão é o clima da cidade em que você mora. Se faz bastante calor, certamente a piscina será usada com mais frequência. No entanto, se fizer frio por períodos longos, pode não valer a pena. No verão, as pessoas acabam usando a piscina para se refrescar com mais frequência. Por isso, quem mora em lugares quentes, como o Rio de Janeiro, aproveita muito mais, diz Claudia. Mas também dá para aquecer a piscina, então, mesmo quando está frio, você consegue aproveitar, finaliza a arquiteta.

Outros artifícios podem ser usados para que a piscina fique mais agradável. A piscina pode contar ainda com área mais rasa para crianças ou hidromassagem, afirma Sophia. Além disso, são inúmeras as opções de materiais e revestimento e mobiliário para compor o ambiente, completa.

Claudia e Sophia concordam que não há muitas desvantagens em ter uma piscina, desde que o morador esteja ciente do que o espera. Deve-se levar em consideração gastos de energia, produtos para limpeza da água, entre outros", afirma Sophia. A manutenção é o único fator contra, porque você precisa ter alguém para cuidar, comprar produtos para limpar, manter o pH da água, etc. Mas se a pessoa estiver disposta a lidar com essas despesas e fazer a manutenção corretamente, vale a pena, diz Claudia.


Leia mais sobre: piscina


Cláudia Santos - (21) 7846-4128
Monique Granja - (21) 9624-3563

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.