Mostras de arte e arquitetura celebram os 50 anos da Capital Federal

Em comemoração aos 50 anos de Brasília, diversas instituições culturais organizaram homenagens à cidade. Confira abaixo algumas opções :                                                                

A mesa com imagens da Capital Federal faz parte da exposição
Divulgação
A mesa com imagens da Capital Federal faz parte da exposição "Outros planos: Brasílias"
Brasília em 4 Tempos
Resultado da reunião de imagens da Capital Federal em épocas diferentes, a exposição revela as mudanças pelas quais a cidade passou desde sua fundação. Os registros também estão disponíveis no livro homônimo à mostra.

Até 24 de abril
Local: Liberty Mal l
Endereço: SCN, quadra 2, bloco D - Brasília (DF)
Horário: todos os dias, das 9h às 21 h
Entrada gratuita


Brasília 1957

A mostra é composta por 111 fotos inéditas, assinadas pelo premiado fotógrafo sueco Äke Borglund, que registrou os primeiros movimento da construção da nova capital brasileira, em 1957.

Até 30 de abril
Local: Espaço Cultural Zumbi dos Palmares
Endereço: Congresso Nacional, Câmara dos deputados, edifício principal – corredor de acesso ao Plenário - Brasília (DF)
Horário: de segunda à sexta, das 9h às 18h30
Entrada gratuita


Brasília, Além Séculos...
A artista plástica Alda Carvalho faz uma homenagem a Brasília trazendo um olhar poético que interage com o cerrado e os traços geométricos que formam a capital.

Até 30 de abril
Local: Galeria do Espaço Cultural Ari Barroso - SESC Estação 504 Sul
Endereço: Av. W3 Sul Q 504/505 bloco a - Brasília (DF)
Horário: todos os dias, das 8 às 22h
Entrada gratuita


Foto na Hora, de Joaquim Paiva
A mostra reúne o trabalho do fotógrafo Joaquim Paiva, que registrou sua relação com a cidade, sua arquitetura, seu povo e seu horizonte. O público poderá conhecer a história da construção de Brasília e da chegada dos pioneiros, já que Paiva realizou, ainda na década de 1970, a maior documentação já feita sobre o local.

Até 23 de maio
Local: Caixa Cultural Brasília
Endereço: SBS Qd. 4 lote ¾ - Brasília (DF)
Horário: todos os dias, das 9h às 21h
Entrada gratuita

Brasília: Síntese das Artes
Com curadoria de Denise Mattar, o projeto "Brasília: Síntese das Artes" resgata a história de Brasília mostrando sua importância artística desde a década de 1960, fruto da peculiar condição da cidade.

Até 27 de junho
Local: Centro Cultural Banco do Brasil
Endereço: SCES, trecho 2, lote 22 – Brasília (DF)
Horário: de terça a domingo, das 9 às 21h
Entrada gratuita

Outros Planos: Brasílias
Os sete projetos finalistas do concurso para o Plano Piloto da então nova capital do Brasil, realizado em 1957, estão na mostra, que traz as várias soluções urbanísticas, premiadas e ainda pouco conhecidas, e que tiveram um único objetivo: propor uma cidade ideal como capital do país.

Até 16 de maio
Local: Museu da Casa Brasileira
Endereço: Av. Faria Lima, 2.705, Jardim Paulistano – São Paulo (SP)
Horário: terça a domingo, das 10h às 18h
Ingressos: gratuito aos domingos. Nos outros dias, a entrada custa R$ 4,00; estudantes pagam R$ 2,00

Brasília Cinquenta Anos - Serigrafias de Oscar Niemeyer, Lucio Costa e Athos Bulcão

A representação da Catedral de Brasília é parte da exposição em cartaz em São Paulo
Divulgação
A representação da Catedral de Brasília é parte da exposição em cartaz em São Paulo
A exposição é composta por vinte serigrafias feitas no ateliê da Lithos Edições de Arte, a partir das obras originais dos arquitetos Oscar Niemeyer e Lucio Costa e do artista plástico Athos Bulcão, cujos trabalhos mostram projetos realizados em prédios públicos do município.

Até 30 de maio
Local: SESC Pinheiros
Endereço: Rua Paes Leme, 195, Pinheiros – São Paulo (SP)
Horário: de terça à sexta, das 10h30 às 21h30; sábados, domingos e feriados, das 10h30 às 18h30
Entrada gratuita

A cidade do homem nu
A mostra é inspirada em um texto do Flavio de Carvalho, em que ele propunha a criação de uma cidade para um novo homem, com uma mente menos retrógrada. São 12 peças, entre fotografias, vídeos, cartazes e filmes em 16 mm realizados por artistas nacionais e internacionais de diferentes gerações, além de materiais da banda Secos e Molhados e de Ney Matogrosso.

Até 13 de junho
Local: Museu de Arte Moderna de São Paulo
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº - Portão 3 do Parque do Ibirapuera – São Paulo (SP)
Horário: de terça a domingo, das 10h às 17h30
Ingressos: R$ 5,50

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.