Couro bem tratado

Cuidados simples garantem vida longa a sofás e poltronas de couro

Daniela Morás, especial para o iG

David Santos Jr / Foto Arena
Para deixar o couro bonito e vistoso,o segredo é hidratá-lo a cada 8 ou 10 meses
Sofás e poltronas revestidos com os mais diferentes tipos de couro nunca saem de moda e são um excelente investimento para quem quer durabilidade. “É só pensar nos pergaminhos de pele de cabra que chegam a tem mais de 3 mil anos para entender esse conceito”, diz Carlos Runge, proprietário do curtume Runge.

Mas, para dar vida longa ao revestimento, cuidados na manutenção e limpeza são essenciais.

Hidratação já

Se passar cremes no corpo é importante para manter a maciez da pele, com o couro não é diferente, uma vez que ele também é uma pele animal. Por isso, a hidratação é fundamental para evitar trincas e o ressecamento do móvel, que, de preferência, deve ficar protegido do sol por uma cortina ou manta.

Hidratar pode até soar estranho, mas é o segredo para mantê-lo bonito e vistoso por muito tempo. “É como com o sapato de couro, você tem que ter o hábito de passar cera no couro do sofá”, explica Runge.

“Eu recomendo a hidratação e limpeza a cada 8 ou 10 meses”, diz José Carlos Larocca, sócio da lavanderia Elite, especializada no segmento de decoração. Para devolver o brilho ao couro, Larocca indica produtos de fácil acesso, como a cera ou graxa incolores, o lustra-móveis a base de silicone, ou hidratantes desenvolvidos apenas para uso em couro.

Tipos de couro

Se a poltrona de couro estiver suja e manchada é preciso limpá-la antes da hidratação. Saber qual o tipo de couro que reveste o móvel é o primeiro passo. Em geral, os couros são divididos em anilinados e pigmentados (ou lisos).

Entre os anilinados estão a camurça, o nobuque e o couro cru. “Sua principal característica é a maciez aveludada. Por ser mais absorvente, mancha fácil”, explica o diretor da lavanderia Chem&Dry, Alexandre Camelo. De acordo com ele, é preciso tomar muito cuidado ao limpar esse tipo de couro, pois a textura e a cor podem ser prejudicadas, já que seu tingimento é feito com tintas solúveis a água e álcool.

David Santos Jr / Foto Arena
Fazer uma escovação seca com escova de lavar roupas e em seguida uma aspiração é ideal para manter o couro sempre bonito
Para a limpeza de móveis com esse tipo de couro, Camelo recomenda, a cada 15 dias, uma escovação seca e delicada com uma escova de lavar roupas, seguida de uma aspiração. “Depois dessa etapa, passe um pano de algodão levemente umedecido com uma solução de água e álcool na proporção de 150 ml de álcool para cada 3 litros de água.”

Já os couros pigmentados, também chamados de lisos, têm manutenção mais fácil. “O couro liso tem baixa absorção, porém é muito sensível à riscos de caneta”, alerta Camelo. Para a limpeza desse tipo de couro, o ideal é usar um pano umedecido com água e detergente neutro próprio para carpetes ou limpador multiuso.

Camelo ainda recomenda que, após essa etapa, um pano úmido torcido em água, álcool e vinagre, na proporção de 50 ml de vinagre e álcool para 3 litros de água, finalize a limpeza, retirando o excesso do sabão.

Manchou. E agora?

Apesar de resistente, o couro também está sujeito a manchas de gordura, graxa e outras substâncias difíceis de serem removidas. “O couro tem uma grande vantagem, que é não ser tão permeável quanto o tecido. Se você correr, tem como tirar”, esclarece José Carlos Larocca.

Independente da mancha, algumas recomendações valem para todos os tipos de couro na hora de tirar a marca. Não esfregar em demasiado é a primeira delas, pois pode danificar a textura e a cor do material. Outra dica é esfregar sempre de fora para dentro da mancha. “Sempre, em tudo o que você fizer no couro, teste antes em um cantinho escondido ou debaixo do sofá”, indica ele.



    Leia tudo sobre: manchacouroserviçohidratação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG