Coifas e depuradores: como tê-los

Aprenda a escolher e instalar esses eletrodomésticos

Juliana Guimarães, especial para o iG

Nada de fumaça ou cheiro de gordura nos ambientes, nem pensar. Ter uma coifa , depurador ou exaustor de ar na cozinha é garantia para manter esses inconvenientes sempre longe do seu dia a dia. Porém, antes de eleger o ideal é preciso tomar alguns cuidados básicos e pesquisar. “A primeira atitude imprescindível é avaliar o ambiente que irá recebê-lo. É importante verificar o tamanho do local, do fogão, o número de bocas e se a instalação será de ilha ou de parede”, afirma Bruno Hofman Netto, assistente de marketing da Elettromec.

O nível de ruído do produto também é quesito fundamental. “As coifas são mais silenciosas, pois os motores são vedados para evitar o barulho”, explica Alexandra Colavita, da Spicy. Esse é um dos motivos que levaram o eletrodoméstico para o topo da lista dos mais pedidos nessas horas.

Divulgação
Desenvolvido pelo designer Lorenzo Lispi, o exaustor Gloss, da Best, é equipada com um sistema de aspiração perférica que aumenta sua eficiência e possui sistema de LED
“Além disso, sugam vapores do cozimento e as partículas de gordura do ambiente. Dessa forma, os móveis ganham maior durabilidade e o ar filtrado garante qualidade de vida à família”, diz Hélio Levcovitz, gerente de comunicação da Falmec. Segundo ele, os depuradores, antes muito requisitados, caíram em desuso. “O produto está em extinção, pois a coifa representa sua evolução. É como se fosse o vinil e o CD. Ela tem maior potência”, explica.

A principal diferença entre os dois é a forma de eliminar a gordura. Enquanto as coifas podem trabalhar com saída externa ou filtro de carvão ativado, os depuradores contam com filtros ou mantas que não conduzem o ar para fora de casa. Sua capacidade de extração é bem limitada (300 m³/h), enquanto a das coifas chega a 1000 m³/h.

Acerte na escolha

Há pequenos testes que podem ser realizados pelo consumidor antes de optar pelo equipamento ideal.

“Coloque um papel encorpado junto ao filtro de alumínio e verifique a capacidade de aspiração da coifa. Esse é um item muito importante que deve ser analisado”, sugere Levcovitz. Outra atitude necessária é verificar a capacidade de vazão do modelo (quantidade de ar deslocada para fora do ambiente). Há uma conta básica que deve ser feita no momento da compra:

Calcule o volume da cozinha:
Largura x Comprimento x Pé-direito
A vazão ideal é aquela que garante oito renovações de ar do ambiente por hora.

Exemplo: 4m (largura) x 4m (comprimento) x 2,75m (pé-direito) = 44m³
44 m³ x 8 renovações = 352m³/h

A capacidade de vazão deve estar especificada na coifa, não deixe de verificar.

Manual de instruções

A coifa pode ser instalada de duas formas: no modo exaustão, quando o ar é direcionado para fora do ambiente por dutos, e depuração. Neste caso, o ar passa pelo filtro metálico ou pelo de carvão ativado e retorna ao ambiente limpo e tratado.

Preparar o ambiente que irá recebê-la é fundamental para garantir o bom funcionamento. “A tomada deve estar na voltagem correta e localizada no eixo do fogão. A parede tem de ficar livre e suportar o peso do eletrodoméstico”, alerta Alexandra.

Em caso de modelos com saída externa, é necessário fazer o furo corretamente para abrigar o duto flexível. O posicionamento também deve ser avaliado, pois o modelo deve estar bem acima do fogão ou cooktop, de 70 cm a 80 cm de altura.

“O eletrodoméstico deve ficar centralizado, permitindo que sua ação compreenda a área do fogão. É importante instalá-lo no nível e respeitar as distâncias determinadas nos manuais que o acompanham”, alerta Eder Kunz, gerente do departamento de engenharia da Komeco.

Serviço:

Elettromec
Estrada Municipal Mário Covas, s/nº - Valinhos (SP)
Tel: (19) 2129-0500

Falmec
Rua Araquém, 333 – Rio de Janeiro (RJ)
Tel: (21) 3544-5353

Komeco
Tel: 0800-7014805

Spicy
Tel: 0800-168388

    Leia tudo sobre: coifadepuradorexaustorcozinha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG