Grandes nomes como Fiat, Coca-Cola e Skol lançam objetos decorativos para reforçar a interação com os consumidores e o posicionamento da empresa

Estar próximo dos consumidores é o desejo de qualquer marca. E, em um mundo com Facebook, Instagram, Twitter, isso é cada vez mais fácil. Uma das táticas que ajudam a aumentar o vínculo é apostar na diversificação dos produtos. Grandes nomes de varejo e automobilismo – como Skol, Ford e Coca-Cola – têm lançado objetos para a casa, no objetivo de estar ainda mais presente na vida das pessoas. A marca de cerveja que lançou itens de decoração (confeccionados a partir de garrafas), agora se prepara para aumentar o portfólio com uma cadeira assinada por Pedro Useche. “Lançamos peças decorativas e o designer nos procurou para sugerir a criação de uma cadeira produzida com garrafas de alumínio. O produto evita o desperdício e ainda tem design arrojado”, afirma Maria Fernanda Albuquerque, gerente de marketing da Skol.

Saiba mais:  “Só tem espaço no Brasil o designer que faz cadeira e mesa”, diz Brunno Jahara

A estratégia usada pelas marcas é conhecida como “branding” e se mostra intimamente ligada à relação de confiança entre consumidores e empresas. “Apenas grandes marcas conseguem estar presente em outros nichos. É interessante porque a empresa leva confiança e amplia seu potencial, valorizando a marca . Por isso, é fundamental planejar bem a estratégia, pois qualquer erro poderá ser desastroso”, afirma Acácio Hypólito, mestre em comunicação e professor de marketing da Fundação Álvares Penteado (FAAP). Existem três motivos para as empresas se aventurarem em novas searas: interagir mais com o público-alvo, estender o campo de atuação ou ainda reforçar o posicionamento no mercado. No caso da Skol, que vende kits de garrafas para montar relógio, abajur, vaso, galheteiro e candelabro, a proposta era ficar conectada ao consumidor. “Quisemos estar mais próximo de quem é fã da cerveja. A marca está ligada aos jovens e tal estratégia nos permite interagir principalmente na internet”, afirma Maria Fernanda.

E não há limites para diversificar. A Ford lançou no mês passado, em parceria com a fabricante brasileira NKS, cerca de 20 produtos – entre luminárias, eletroportáteis e eletrodomésticos - para a linha Ford Home Solutions. A maior inserção das marcas de varejo no mercado doméstico permite aos consumidores reafirmar sua afinidade. “Tem a questão do orgulho de pertencer. As pessoas usam uma camiseta estampada com o nome da marca para mostrar proximidade. É uma estratégia voltada ao público-alvo”, diz Marcos Bedendo, professor de gestão de marcas da ESPM. “A técnica já é aplicada há algum tempo. O que muda neste cenário é a entrada das redes sociais que permite às pessoas repercutir melhor gostos e preferências. A fanpage das empresas vira um sucesso e o retorno aumenta o número de vendas dos produtos.”

O sofá Panorama da Fiat integra a coleção baseada no Fiat 500. Preço mínimo: sete mil dólares
Divulgação
O sofá Panorama da Fiat integra a coleção baseada no Fiat 500. Preço mínimo: sete mil dólares

A proposta de diversificar por meio de objetos de decoração foi também uma escolha da Fiat. A montadora italiana que já havia se aventurado na produção de móveis baseados na linha Fiat 500 – modelo de carro produzido entre 1957 e 1975 e reeditados recentemente – agora vai licenciar seus produtos pela empresa brasileira Carpediem. Há lançamentos em pufes, eletroportáteis e diversos objetos decorativos ainda com estampas do veículo retrô. “A inserção em novos mercados exige cuidado, pois é um licenciamento. É fundamental conseguir bons parceiros para retratar nossa expertise e ser coerente”, diz Rosália Andrade, responsável por projetos especiais de branding da Fiat. “No cinquecento, por exemplo, quisemos levar uma experiência diferente relacionada à marca. Isso foi muito além do que somente aspectos estéticos ou emocionais ligados ao dirigir.”


Leia também:

Como fazer um abajur personalizado com fitas e botões

É possível viver bem em imóveis que medem até 40 m². Veja como

Erros mais comuns no projeto da cozinha


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.