Três mulheres analisam de perto os ambientes decorados da Casa Cor 2013 e dizem quais propostas dão ou não certo no dia a dia

A missão do dia era trazer um olhar clínico sobre os 77 ambientes decorados da Casa Cor SP 2013. Saber quais propostas trazem praticidade ou só aumentam o trabalho no dia a dia. Ivete Souza, professora aposentada, Maria Odete de Oliveira, dona de casa, e Marcela Bassan, organizadora de eventos, aceitaram o desafio. Elas chegaram à mostra em um dia ensolarado e, com muita disposição, analisaram diversos ambientes. A primeira impressão foi de que os espaços não eram preparados para receber crianças, animais e, em algumas situações, nem mesmo convidados. “Tudo é muito bonito e arrumado , porém, muitos locais têm decorações que não facilitam o dia a dia, principalmente para quem tem filhos e pets”, afirma Marcela.

Saiba mais: 18 regras para reduzir o acúmulo de sujeira dentro de casa

Tapetes escuros, móveis pesados e papeis de parede na cozinha foram alguns dos elementos reprovados pelas visitantes convidadas. Os tapetes evidenciam pelos brancos e exigem limpeza constante no caso da presença de animais na casa; o mobiliário pesado dificulta a arrumação diária e o papel de parede instalado perto do fogão acumula sujeira, o que reduz seu tempo de vida. Fora o risco de pegar fogo. “Na cozinha há muita gordura e um revestimento difícil de limpar não deve ser aplicado. O melhor é investir em cerâmica ou porcelanato no chão e na parede”, diz Maria Odete, com ares de profissional. A visita foi adiante e a mostra paulistana também revelou boas soluções.

Ivete e Odete aprovaram os armários usados no ambiente de Olegário de Sá e Gilberto Cioni
André Giorgi
Ivete e Odete aprovaram os armários usados no ambiente de Olegário de Sá e Gilberto Cioni

Os olhares observadores das visitantes identificaram elementos que facilitavam a vida doméstica. Um dos pontos positivos foi a gaveta organizadora do ambiente de Jóia Bergamo. “É um recurso muito útil e a proposta de acrescentar vidro ao móvel aumenta ainda mais a visibilidade, deixando tudo mais prático”, afirma Ivete. Outro destaque foram as portas basculantes dos armários, que facilitam o manuseio dos objetos na cozinha e garantem funcionalidade ao ambiente.

Quer saber mais sobre o que realmente funciona ou não? Confira as dicas de Ivete, Marcela e Odete na galeria de imagens.



Leia também:

Truques para esconder a bagunça da casa

Saiba o que fazer (e pedir) antes de reformar o sofá

Como valorizar o imóvel antes de vender


Siga o iG Delas pelo Twitter e assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.