O importante na hora da faxina é descartar o excesso e agrupar os itens comuns em organizadores. Veja outras dicas na galeria de fotos

Quem nunca deixou uma pilha de livros no criado-mudo que atire a primeira pedra. O móvel que deveria ser usado apenas como apoio, acaba muitas vezes assumindo a característica de depósito. O desafio de deixar tudo em ordem começa com a identificação do que é realmente usado no dia a dia. “As pessoas descaracterizam o móvel quando deixam objetos em excesso nele. Guardar tudo o que não tem local definido no criado-mudo pode até parecer prático, mas com o tempo, a desordem só aumenta”, diz Ingrid Lisboa, personal organizer.

Leia também: Veja como organizar a mesa de centro

Confira nas fotos abaixo a mudança após a organização do móvel:

Outro aspecto importante na arrumação é agrupar os elementos. Itens eletrônicos, canetas e cartões de visitas devem ser colocados em compartimentos separados no organizador deixado na gaveta. Além disso, elásticos e arames ajudam na hora de manter os fios enrolados. “Os cabos se emaranham e deixam o criado bagunçado. O ideal é enrolar cada um separadamente e prender com arames de embalagens plásticas (iguais aos usados em sacos de pão)”, afirma Ingrid.

A parte de cima do móvel também deve estar arrumada. O importante é não deixar copos, bandejas ou itens decorativos em excesso no local. É preciso ainda ter cuidado para evitar o acúmulo de livros e manter no criado-mudo apenas o exemplar que estiver sendo lido. Quer saber mais detalhes sobre como arrumar o móvel? Fique de olho nas dicas da personal organizer:

Saiba mais:

Manifestações culturais espontâneas transformam a cidade de São Paulo

Conheça 21 ambientes da Casa Cor SP

Fogão conectado à internet, lava-louças com sensor de sujeira e mais novidades


Siga o iG Delas pelo Twitter e curta nossa página no Facebook para ficar por dentro das novidades.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.