Exposição relembra com móveis históricos a trajetória do design de mobiliário brasileiro

Foi em seis de julho de 1909 que o marceneiro espanhol, radicado no Brasil, Celso Martinez Carrera saiu da Companhia Estrada de Ferro Araraquara e criou sua própria marcenaria. É de lá que seis anos mais tarde, sairia a produção em série da cama ”Patente”, marco histórico do design de mobiliário brasileiro.



Pouco mais de um século depois, o Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, abre a exposição "Design Brasil – 101 Anos de História", que reúne 48 importantes peças que fizeram parte da história do design moderno e contemporâneo, e apresenta a evolução do móvel brasileiro e seu reconhecimento internacional.

A mostra, que tem curadoria do jornalista e arquiteto Pedro Ariel Santana está dividida em duas salas. A primeira com os móveis pioneiros das décadas de 1930 e 1940, e a segunda com peças construídas de 1950 até os dias de hoje.

Juntamente com a abertura da exposição, que vai até oito de agosto, Santana lança o livro com mesmo nome da mostra. A publicação traz o perfil de 83 profissionais e informações de 500 peças construídas nesses 101 anos de trajetória. Santos Dumont, Sérgio Rodrigues, Zanine Caldas, Joaquim Tenreiro e os irmãos Campana estão entre os homenageados.

Serviço:
Exposição: “Design Brasil – 101 anos de história”
Local: Museu da Casa Brasileira
Av. Faria Lima, 2705 – São Paulo (SP)
Tel: (11) 3032-3727
Data: de 7 de julho a 8 de agosto
Ingresso: R$ 4,00 - Estudantes: R$ 2,00 – Gratuito domingos e feriados



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.