Personal organizer ensina como escolher o cabide certo para cada peça e ter um guarda-roupa organizado

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508147381&_c_=MiGComponente_C

Segundo especialistas em organização, a arrumação do guarda-roupa começa pela escolha do cabide. Os acessórios devem ser padronizados para garantir harmonia, como também para atender as necessidades de cada peça de roupa.

Segundo a personal organizer Andrea Caetano para guardar calças compridas de crepe e tecidos mais finos, o melhor é pendurá-las na vertical pela barra, usando cabides que tenham presilhas com silicone, para não marcar as peças - essas presilhas são vendidas separadamente - tornando o cabide multiuso, pois servirá para calça/saia com presilha ou camisas/blusas sem presilha.

Caso não haja altura no guarda-roupa, o melhor é optar em pendurá-las dobradas ao meio. Use uma proteção de tecido na barra do cabide - local que fica a calça - ou opte por um cabide forrado, para proteger as calças mais delicadas.

Outra dica da Andrea é para as camisas. Opte pelos cabides de espessura média, que  moldam a peça e não deixam marcas. Prefira guardá-las penduradas e com o 1º e 2º botões fechados. Para as blusinhas de alça, opte por cabides que tenham ganchinhos, pois só assim elas ficarão bem encaixadas e não escorregarão, explica Caetano.

A personal diz que para melhor acomodar os casacos, deve-se usar cabides anatômicos com ombreiras resistentes, pois são peças mais pesadas. Uma boa dica é que já existem ombreiras avulsas para você encaixar nos cabides de plástico. Elas se adaptam a uma grande variedade de cabides, diz a profissional.

Outra dica dela é que os homens devem ter cabides do tamanho adequado, para que os ternos fiquem bem encaixados.


Leia mais sobre: guarda-roupa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.