Ter um dormitório sempre organizado ajuda até na qualidade do sono. Veja algumas dicas da home organizer Ingrid Lisboa para facilitar a arrumação!

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508189486&_c_=MiGComponente_C

Algumas pessoas costumam dizer que só conseguem descansar, relaxar e ter um sono tranquilo em um ambiente limpo e arrumado. Sem contar que a organização só aumenta a sensação de conforto. Então, aquela história de deixar roupas usadas espalhadas pelos cantos, sapatos fora do lugar, papéis e revistas empilhados no criado-mudo e uma cama que ficou desfeita o dia inteiro não ajuda em nada na hora de dormir.

Para uma organização básica, deve-se, portanto, providenciar um local certo para guardar cada item e eliminar o que já não tem mais serventia. Terminada esta tarefa, a home organizer Ingrid Lisboa diz que a etapa seguinte consiste em adquirir disciplina para manter o que foi arrumado. Ou seja, para muitos, um verdadeiro desafio.

Segundo a especialista, o cérebro humano demora de 21 a 30 dias para se acostumar a rotinas novas, por isso as três primeiras semanas de adaptação à organização são cruciais. Se a pessoa obtém sucesso nesse período, depois ficará até incomodado caso a bagunça comece a voltar, garante. A seguir, anote as dicas de Ingrid para facilitar essa empreitada.

- Para começar, tente agrupar ao máximo as peças similares. A ideia é formar grupos de sapatos, de ternos, de joias, de lenços e echarpes e assim por diante.

- Utilizar objetos organizadores ajuda muito na manutenção de um quarto bem arrumado, mas o seu uso deve ser feito com algum critério. Caso contrário, a bagunça não estará à vista, mas sim guardada em caixas e gavetas.

- Para manter a ordem em gavetas de lingerie, biquínis e meias, uma boa dica é usar colmeias de acrílico, de plástico ou de madeira. Assim, as peças se acomodam melhor e fica até mais fácil devolver cada uma para o lugar certo quando voltam da lavanderia.

- Bijuterias e acessórios podem ser guardados em caixas com divisórias, para facilitar a visualização. Já as bolsas podem ficar em nichos ou cabideiros.

- No dia-a-dia, a bagunça pode ser evitada adotando-se o seguinte critério: sempre devolva os objetos ao seu local de origem o mais rápido possível. Já as roupas usadas devem ir para a lavanderia. E não para o quarto.

- Da mesma forma, após o uso, os sapatos devem ficar 24 horas na lavanderia. Depois, precisam ser limpos e, aí sim, devolvidos à sapateira.

- Objetos como óculos e chaves devem ter local próprio, assim como outros de uso pessoal. Assim, será mais simples localizá-los na hora de sair.

- Uma pessoa pode ser considerada organizada ¿ não só no dormitório, mas na vida em geral ¿ se ela tiver somente um lugar para cada peça ou objeto e cultivar o hábito de sempre devolver tudo ao seu devido local. Quem não tem esse costume, com certeza gasta mais tempo para procurar o que precisa e pode até se irritar por nunca saber onde estão as suas coisas, diz a home organizer.

- Uma simples mudança de hábito pode reduzir o estresse causado por não saber onde estão as próprias roupas, os objetos pessoais ou mesmo as contas para pagar.

- Uma boa tática, como meta de organização, é não deixar para depois o que pode ser feito agora, como guardar o que está fora do lugar.

- Determinar um local de fácil acesso para deixar miudezas que precisam ser encontradas a todo instante, como as chaves do carro, facilita a vida.


Agradecimento
Lider Interiores:
www.liderinteriores.com.br


Leia mais sobre: organização

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.